Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Mobile

Golpe no WhatsApp promete vale-compras de R$ 500 no O Boticário

Em cinco dias em funcionamento, estima-se que o golpe tenha afetado pelo menos 50 mil brasileiros.

Intuito do golpe é direcionar downloads de apps. | Henry Milleo/Gazeta
Intuito do golpe é direcionar downloads de apps. Henry Milleo/Gazeta
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Golpes no WhatsApp são cada vez mais comuns. O último, identificado pela empresa de segurança PSafe, promete um vale-compras de R$ 500 das lojas O Boticário. Em cinco dias, ele já afetou pelo menos 50 mil pessoas.

O funcionamento é similar ao de outros golpes que prometem vantagens e benefícios às vítimas. O ataque começa com uma mensagem contendo links para uma pesquisa online sobre O Boticário. Após responder a pesquisa, o site pede que a vítima compartilhe a mesma mensagem com dez amigos ou grupos para liberar o vale-compras. É dessa maneira que o golpe se espalha com tanta rapidez pelo WhatsApp.

Cumpridas as etapas, em vez do vale-compras, a vítima é redirecionada para outra página contendo aplicativos para download e formulários de cadastros em serviços que podem incidir em cobranças de créditos da operadora para a vítima. Alguns desses apps, porém, podem ser legítimos. Nesse caso, o incentivo dos que prepararam o golpe é ganhar dinheiro com publicidade – alguns serviços pagam comissões para que sites promovam seus apps, remunerando o dono com alguns centavos a cada download realizado com sucesso.

Esse é mais um da longa lista de golpes similares disseminados pelo WhatsApp. Entre outros, existe o que promete mudar a cor do app, emojis natalinos, créditos gratuitos da operadora e revelar quem visitou seu perfil. As 50 mil pessoas afetadas por esse último, que promete vale-compras das lojas O Boticário, estão no grupo dos que usam o aplicativo de segurança da PSafe, estimado em 21 milhões de usuários no Brasil, todos na plataforma Android. Isso significa que, na prática, o número de afetados é potencialmente maior. De acordo com pesquisa da FGV de abril de 2016, existiam 168 milhões de usuários de smartphones em uso no Brasil.

A Gazeta do Povo entrou em contato com a assessoria do O Boticário, que respondeu o seguinte:

“O Boticário informa que a mensagem que está circulando em grupos de Whatsapp, com link para um vale-compras de R$ 500, é falsa. A única campanha em vigência é a que estimula as consumidoras a convidarem amigas a se cuidarem com Cuide-se Bem Nuvem e que presenteia – consumidora e amiga indicada – com uma loção de 100 ml da nova linha de Cuidados Pessoais do Boticário, após cadastro no hotsite.”

Segundo a PSafe, a melhor defesa contra ataques desse tipo é adotar um “comportamento preventivo” ao acessar a Internet e desconfiar de ofertas muito vantajosas ou tentadoras recebidas pelo WhatsApp, principalmente as que contêm links – é mais fácil desempenhar ações maliciosas na web, fora do app. Manter o Android e todos os apps atualizados também é importante.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE