PUBLICIDADE
Inflação

IGP-M sobe 1,38% na segunda prévia do mês, mostra FGV

Resultado acumulado do IGP-M é usado no cálculo dos reajustes nos preços de aluguéis

A segunda prévia de agosto do Índice Geral de Preços - Mercado (IGP-M) apontou alta de 1,38%, após avançar 1,11% em igual prévia do mesmo indicador em julho. O resultado, anunciado nesta segunda-feira (20) pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), ficou dentro das estimativas dos analistas do mercado financeiro ouvidos pelo AE-Projeções, que esperavam uma elevação entre 1,21% e 1,60%, e se posicionou acima da mediana das expectativas (1,33%).

A FGV informou ainda os resultados dos três indicadores que compõem a segunda prévia do IGP-M de agosto. O IPA-M subiu 1,94% na prévia anunciada há pouco, após avançar 1,45% em igual prévia do mesmo índice em julho. Por sua vez, o IPC-M teve alta de 0 26% na segunda prévia deste mês, em comparação com o aumento de 0,23% na segunda prévia do mês passado. Já o INCC registrou taxa positiva de 0,36% na segunda prévia do indicador deste mês, após registrar elevação de 0,91% na segunda prévia de julho.

O resultado acumulado do IGP-M é bastante usado no cálculo dos reajustes nos preços dos aluguéis. Até a segunda prévia de agosto, o IGP-M acumula aumentos de 6,02% no ano e de 7,68% em 12 meses. O período de coleta de preços para cálculo da segunda prévia do IGP-M deste mês foi do dia 21 de julho a 10 de agosto.

IPA

A inflação agropecuária continua avançando. Os preços dos produtos agrícolas no atacado subiram 5,43% na segunda prévia do IGP-M deste mês, em comparação com a alta de 2,35% apurada na segunda prévia do mesmo índice em julho. acordo com a FGV, os preços dos produtos industriais no atacado aumentaram 0,65% na segunda prévia anunciada nesta segunda-feira, em comparação com a alta de 1,13% na segunda prévia de julho.

No âmbito do Índice de Preços por Atacado segundo Estágios de Processamento (IPA-EP), que permite visualizar a transmissão de preços ao longo da cadeia produtiva, os preços dos bens finais subiram 0,57% na segunda prévia de agosto, após subir 1,03% na segunda prévia de julho.

Já os preços dos bens intermediários apresentaram aumento de 1 16% na prévia divulgada nesta segunda-feira, em comparação com a elevação de 1,45% na segunda prévia do IGP-M de julho. Por fim, os preços das matérias-primas brutas tiveram taxa positiva de 4 49% na segunda prévia de agosto, em comparação com a alta de 1 93% na segunda prévia de julho.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO