Assinaturas Classificados
Assinaturas

Imposto de Renda

Publicidade
Preenchimento

Saiba como fazer sua declaração de IR

01/03/2011 | 00:08
  • Comentários

Escolha do modelo correto pode ajudar contribuinte a pagar menos imposto. Em caso de dúvidas, programa da Receita indica automaticamente melhor opção

Parece complicado, e é mesmo. Mas dá para fazer sozinho, já que o preenchimento da declaração do ajuste anual do Imposto de Renda exige mais cuidado e atenção do que conhecimentos técnicos e específicos.

Organize-se

Antes de começar, tenha todos os documentos em mãos. Veja o que é preciso para preencher corretamente sua declaração:

- Cópia da declaração de 2009 ou número do protocolo de entrega;

- Informes de rendimentos de instituições financeiras, inclusive corretoras de valores;

- Informes de rendimentos de salários, pró-labore, distribuição de lucros, aluguéis e de outras rendas, como herança, doações, indeni­­zações judiciais e resgate do FGTS;

- Documentos comprobatórios de compra, venda ou alienação de bens ocorridas em 2010;

- Livro caixa, em caso de profissionais liberais ou autônomos;

- DARFs do Carnê Leão;

- Controle de compra e venda de ações;

- DARFs de renda variável;

- Recibos de pagamento de planos de saúde, despesas médicas e odontológicas em geral e despesas educacionais – todas com o CNPJ do emissor;

- Recibos de doações efetuadas;

- Recibos de empregado doméstico com registro em carteira – apenas um profissional por declaração –, contendo o número do NIT.

Errou?

Retifique

Se perceber que errou ou deixou de preencher algo apenas depois de já ter enviado a declaração, o contribuinte pode fazer uma retificação. Para isso, basta abrir o documento já enviado e escolher a opção “Sim” no campo “Essa é uma declaração retificadora?”. A declaração retificadora substitui a anterior e os problemas devidamente corrigidos são ignorados pela RFB. O documento reenviado, entretanto, entra no “fim da fila” para ser processado, o que pode eventualmente atrasar a liberação da restituição.

O primeiro passo do contribuinte é baixar o programa IRPF 2011 no site da Receita Federal. Mas atenção: o arquivo deve ser compatível com o seu sistema operacional. Depois de instalá-lo no seu computador, reúna todos os documentos necessário e mãos à obra. Quem tem a declaração de 2010 salva no computador pode importar os dados e facilitar o trabalho neste ano.

“O próprio sistema vai direcionando o contribuinte pelas etapas necessárias durante o preenchimento. Basta que o usuário leia atentamente as informações, coisa que muita gente no Brasil ainda acha que não precisa fazer”, orienta o consultor tributário do Centro de Orientação Fiscal (Cenofisco) Jorge Lobão.

Antes de iniciar o preenchimento, o contribuinte deve es­­colher entre o modelo de declaração completo e o simplificado. O modelo simplificado é in­­dicado para quem não tem dependentes e teve poucas despesas dedutíveis. Esse tipo de declaração usa como base um desconto preestabelecido de 20% sobre o rendimento tributável informado.

Já na declaração completa o contribuinte deve declarar uma a uma quais foram suas despesas. “Em caso de dúvidas, a recomendação é para que o contribuinte faça a declaração completa. No final, o próprio sistema faz o cálculo e, se for o caso, sugere a mudança para o modelo simplificado caso isso seja mais vantajoso para o contribuinte”, explica Lobão.

O programa do IRPF 2011 tem um tutorial que auxilia o preenchimento das informações necessárias passo a passo. Assim, a omissão de algum dado importante gera um aviso que pode impedir o envio da declaração. Mesmo assim, é preciso ter cuidado redobrado na hora de preencher os campos, já que um zero a mais ou a menos pode fazer grande diferença e levar o contribuinte para a malha-fina.

Como enviar

Para mandar a declaração à base de dados da RFB o contribuinte deve ins­­talar o programa Re­­ceitanet, disponível na área de downloads no site da Receita.

As declarações poderão ser transmitidas até 29 de abril, diariamente, exceto entre a 1 e as 5 horas, quando o serviço fica in­­­disponível para ma­­­nutenção do sistema.

O comprovante da entrega é obtido por meio de um arquivo, contendo o recibo e o número da declaração com data e hora da recepção e assinatura eletrônica. É recomendável que o contribuinte faça uma cópia de segurança (backup) deste arquivo em um disquete ou pendrive.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade