PUBLICIDADE
 |
A batalha da bitola

Largura de linha impede uso de ferrovia

Trechos previstos no novo pacote de investimentos em logística são incompatíveis com malha já existente

Texto publicado na edição impressa de 17 de agosto de 2012

Apesar de aumentar a malha ferroviária do Paraná, os dois novos trechos de ferrovias que vão cortar o estado não devem elevar o volume de exportações via Porto de Paranaguá e tampouco vão contribuir para a modernização das ferrovias já existentes. Isso porque, segundo o pacote de concessões anunciado na quarta-feira pelo governo, os novos traçados entregues ao setor privado serão construídos em bitola larga (1,6 metro), incompatível com a bitola métrica utilizada em todos os trechos ferroviários do estado.

A incompatibilidade das bitolas limita a integração com os trechos existentes, que só poderia ser feita por meio do transbordo de cargas, com custo mais elevado e limitando ainda mais o nível de eficiência das ferrovias. Sem a integração dos ramais, as cargas que trafegam pelo eixo da Norte-Sul – que vem de São Paulo, corta o Paraná até chegar a Mafra (SC) e segue para o porto de Rio Grande (RS) – teriam como único destino o porto gaúcho ou o Porto de Santos (SP).

Com o formato mais largo dos novos trechos, os portos de Paranaguá, São Francisco do Sul e Itajaí perderiam em volume de exportações, já que são interligados a ferrovias com bitolas métricas. A integração só poderia ser feita por meio do transbordo das cargas de um vagão para outro ou dos vagões para caminhões. "Isso encareceria muito a operação, fazendo com que os empresários optassem por levar a carga por traçados compatíveis até portos mais distantes", afirma o engenheiro do Banco de Ideias do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), Antônio Montes Luz.

PUBLICIDADE
    • SELECIONADO PELO EDITOR
    • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
    • QUEM MAIS COMENTOU
    Assine a Gazeta do Povo
    • A Cobertura Mais Completa
      Gazeta do Povo

      A Cobertura Mais Completa

      Assine o plano completo da Gazeta do Povo e receba as edições impressas todos os dias da semana + acesso ilimitado no celular, computador e tablet. Tenha a cobertura mais completa do Paraná com a opinião e credibilidade dos melhores colunistas!

      Tudo isso por apenas

      12x de
      R$49,90

      Assine agora!
    • Experimente o Digital de Graça
      Gazeta do Povo

      Experimente o Digital de Graça!

      Assine agora o plano digital e tenha acesso ilimitado da Gazeta do Povo no aplicativo tablet, celular e computador. E mais: o primeiro mês é gratuito sem qualquer compromisso de continuidade!

      Após o período teste,
      você paga apenas

      R$29,90
      por mês!

      Quero Experimentar
    VOLTAR AO TOPO