Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Bolsa

Barack e Michelle Obama buscam jovens líderes; brasileiros podem participar

Pessoas do mundo todo podem se inscrever para as 20 vagas disponíveis

  • Infomoney
É a primeira vez que a Fundação Obama tem uma bolsa para a formação de jovens lídeores. | Pete Souza/The White House
É a primeira vez que a Fundação Obama tem uma bolsa para a formação de jovens lídeores. Pete Souza/The White House
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A Fundação Obama, criada por Barack e Michelle Obama, anunciou que está com inscrições abertas até o dia 6 de outubro para um programa de bolsas e mentoria focado em líderes. Essa é primeira oportunidade de bolsa de estudos na fundação. 

Para participar da seleção é preciso ter no mínimo 18 anos, ser fluente em inglês e estar atuando em algum projeto social focado em melhorar algum problema público existente em sua região. Pessoas do mundo todo podem se inscrever para as 20 vagas disponíveis.

As inscrições podem ser feitas neste link: https://www.obama.org/fellowship/

Os jovens selecionados participarão de um programa de dois anos que vai oferecer treinamento, recursos e desenvolvimento de liderança com acompanhamento online. Além disso, os jovens irão a encontros com grandes empresas onde poderão conversar e se relacionar com grandes líderes. Cada participante irá construir seu plano personalizado para alavancar seu desenvolvimento em liderança.

LEIA TAMBÉM:Cinco livros de jovens empreendedores brasileiros de sucesso

O programa será online e remoto, mas vão ter alguns eventos presenciais durante o período, como a aula inaugural em abril de 2018. A fundação vai cobrir custos de transportes, alimentação e acomodação dos 20 selecionados durante o programa quando houver reuniões presenciais, mas o valor do visto não está incluso. 

Durante o processo de seleção, os candidatos devem explicar a repercussão do seu trabalho social em sua região, quais serão os próximos passos e como o programa de bolsa na Fundação Obama pode ajudá-lo a chegar lá. O candidato precisa deixar links de seu trabalho como amostras do que faz e desenvolve.

É preciso, no fim do processo de candidatura, montar um vídeo de 60 segundos falando das suas caraterísticas e ainda dar o contato de três referências que conheçam seu trabalho. O edital de inscrição não define qual o tipo de trabalho que o jovem deve estar envolvido, pode ser qualquer tipo de engajamento em alguma causa que ajude a sociedade. 

LEIA TAMBÉM: Ele ficou milionário em 5 anos e, agora, ensina 4 formas de ganhar dinheiro

“Precisamos de pessoas que trabalhem pensando em diferentes perspectivas para fortalecer nossas comunidades e a vida cívica. Esta fundação é para organizadores, inventores, artistas, empresários, jornalistas, entre outros. É para aqueles que trabalham em sistemas como governos ou empresas, bem como aqueles que trabalham fora das instituições formais em sua comunidade”, diz o edital.

A organização foi criada em janeiro deste ano e tem como tema principal a cidadania. Sediada em Chicago, nos Estados Unidos, é um centro para debater ideias e apoiar projetos sociais. A ideia do programa de bolsa é ajudar a desenvolver e orientar ainda mais jovens profissionais que já participem de algum projeto social que tenha impacto na sociedade.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

  1. De acordo com a análise da Michael Page, o “arquiteto de bebês” será um especialista no genoma humano. |

    Até 2030

    9 profissões que serão essenciais no futuro (a maioria ainda nem existe)

  2. 90% as pessoas que trabalham ou já trabalharam lá recomendariam a empresa a um amigo. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo

    20 cargos

    Do aprendiz ao gerente: quanto ganham os funcionários do Itaú

  3.  | Antônio More/Gazeta do Povo

    TELECOMUNICAÇÕES

    Como a Oi, uma empresa de 63 milhões de clientes, entrou em crise?

PUBLICIDADE