Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Compliance

Presidente de multinacional no Brasil é demitido após festa da empresa

Foto de um concurso de fantasias foi publicada no Facebook, e a história repercutiu mal na matriz, nos EUA

  • Da redação, com Infomoney
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Um concurso de fantasia realizado numa festa de fim de ano provocou a demissão de executivos, e até do presidente de uma multinacional, no Brasil. A festa foi realizada em dezembro, na sede nacional da Salesforce, empresa de software com foco em gestão e relacionamento com o cliente, que tem em seu rol de clientes nomes como iFood e Embraere. As informações são do jornal Folha de São Paulo.

TALENTO EM PAUTAComo você é visto pelo recrutador na rede social

Durante a festa, foi promovido um concurso de fantasias em que os três primeiros colocados, escolhidos pelos 250 funcionários da empresa, ganhariam prêmio em dinheiro — sendo que o primeiro colocado ganharia R$ 3 mil. As informações foram confirmadas pelo jornal Folha de S. Paulo.

A fantasia que ficou no quarto lugar no concurso foi a responsável pela polêmica: um funcionário da área comercial vestiu-se como um meme popular que desde 2015 circula pelo WhatsApp, conhecido como o “Negão do Whatsapp”.

O problema começou quando um funcionário publicou a foto no Facebook. A imagem mostrava dez funcionários da empresa, dentre elas o diretor comercial. Um funcionário da matriz norte-americana da Salesforce viu a postagem, e a empresa não aceitou bem o teor da fantasia. De acordo com um usuário do Twitter, que relatou o ocorrido, o setor de compliance da empresa pediu a a demissão do funcionário que estava fantasiado.

LEIA TAMBÉMRedes sociais colocam vida pessoal e profissional sob a mesma lupa

Chefe do funcionário, o diretor comercial tentou defende-lo. E a empresa, com compliance e RH unidos, pediu que o mesmo também fosse demitido. O presidente da multinacional no Brasil também entrou na história, tentando impedir as demissões. Os três funcionários acabaram sendo demitidos segundo ordens da matriz norte-americana.

Procurada pela Folha de S. Paulo, a assessoria de imprensa da Salesforce no Brasil confirmou as demissões dos três funcionários. O InfoMoney também entrou em contato com a empresa, mas não teve resposta até o momento de publicação.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE