Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

startups

Brasil é o terceiro país a receber a aceleradora do Google; inscrições estão abertas

Nos próximos dois anos, o objetivo é apoiar 35 startups. As inscrições para a primeira turma estão abertas até 23 de abril

  • Infomoney
Entrada do Campus Google em São Paulo. Espaço vai receber a aceleradora da empresa, Launchpad Accelerator. | Reprodução Facebook Campus São Paulo
Entrada do Campus Google em São Paulo. Espaço vai receber a aceleradora da empresa, Launchpad Accelerator. Reprodução Facebook Campus São Paulo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Google anunciou nesta quinta-feira (5) a instalação de sua aceleradora, Launchpad Accelerator. O Brasil é o terceiro país a recebe-la, após Israel (Tel Aviv) e Nigéria (Lagos). A empresa disse que a sede da aceleradora será o Google Campus, localizado na região do Paraíso em São Paulo.

Segundo o próprio Google, a intenção da iniciativa é ajudar startups do país a criar produtos e tecnologias atraentes, escaláveis e impactantes. As frentes de trabalho principais são Inteligência Artificial, Machine Learning, Android, Google Cloud Platform e soluções web (Progressive Web Apps, Accelerated Mobile Pages, entre outras).

LEIA TAMBÉM: As startups que colocaram Curitiba no mapa da inovação

Startups que participarem do programa terão três meses de suporte técnico contínuo para ajudar no desenvolvimento de um projeto específico, por meio de mentoria com especialistas do Google e do mercado, além de acesso antecipado a novas tecnologias da empresa. Também receberão entre US$ 20 mil e US$ 100 mil em créditos de produtos Google e suporte dedicado. O Google explica que não há acesso a espaço de coworking por tratar-se de um programa específico para o desenvolvimento de uma tecnologia.

“O ecossistema brasileiro de startups vive um momento único, com muitas histórias de sucesso que se tornaram inspiração para outros fundadores e exemplo para atrair novos investimentos. Para manter esse ciclo virtuoso, é fundamental continuar a investir em programas de apoio para os empreendedores que estão em busca da próxima grande inovação”, diz Rodrigo Carraresi, gerente de programas do Google Developers.  

Nos próximos dois anos, o objetivo é apoiar 35 startups. As inscrições para a primeira turma estão abertas neste formulário até 23 de abril e as startups selecionadas começarão a trabalhar com o Google no dia 14 de maio.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE