Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

TERMINA HOJE

Netflix pagará R$ 15 mil para fã de série postar foto no Instagram

Quatro pessoas serão selecionadas; interessados deverão seguir a empresa no Instagram e postar três fotos com a #grammaster3 até este domingo (6)

 |
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A empresa Netflix está com quatro vagas abertas para candidatos interessados em viajar para a Europa e Oriente Médio com todas as despesas pagas e um salário de U$$ 4 mil (aproximadamente R$ 15 mil). As inscrições devem ser realizadas até este domingo (6). Durante a viagem, o escolhido terá de fotografar sets de filmagens de famosos programas de TV e também de séries originais do canal.

Para concorrer às vagas, o candidato deverá seguir a página da plataforma de streaming no Instagram e publicar três fotos acompanhadas da hashtag “grammaster3” – esse é o nome do cargo. Não é necessário incluir as aspas. Apenas maiores de 21 anos serão selecionados. O concurso está aberto deste a última quarta-feira (2).

O Netflix recomenda que as fotos enviadas devem expressar interesses e paixões dos concorrentes. No próximo dia 21, a empresa selecionará 25 candidatos. Nessa etapa, os candidatos terão de fornecer dados adicionais e, eventualmente, mais fotos. Uma semana depois, os quatro selecionados serão anunciados pela companhia.

Durante a viagem, os sortudos deverão fotografar os sets de filmagens de programas clássicos da TV e de séries originais da Netflix. As fotografias deverão ser postadas no Instagram.

Essa não é a primeira vez que o Netflix contrata grammasters. A empresa já havia realizado a mesma estratégia em 2015, quando publicou um vídeo com a experiência de três profissionais. Não havia brasileiros selecionados naquela ocasião. Mas há um paranaense trabalhando na empresa. O jornalista e diretor de cinema londrinense Rafael Ceribelli foi o primeiro tagger brasileiro da plataforma de streaming. Ele trabalha na empresa desde abril do ano passado após ter tomado conhecimento da vaga por meio de redes sociais.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE