Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

negócios

Emissora dona da MTV e Nickelodeon compra canal do YouTube Porta dos Fundos

Segundo a Viacom, novas produções serão criadas para TV, internet e outras mídias do Porta dos Fundos

  • Infomoney
Canal do YouTube Porta dos Fundos é comprado por Dona da MTV e Nickelodeon | Reprodução/Youtube
Canal do YouTube Porta dos Fundos é comprado por Dona da MTV e Nickelodeon Reprodução/Youtube
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A Viacom International Media Networks (VIMN), empresa dona dos canais de televisão MTV, Nickelodeon e Paramount, anunciou nesta quarta-feira (19) a aquisição da parte majoritária do Porta dos Fundos, negócio que possui um dos principais canais de YouTube do mundo. O valor da compra não foi divulgado.

Leia mais sobre negócios e tecnologia

Siga a @gpnovaeco no Twitter

Com a aquisição, todos os ativos pertencentes ao grupo de humor passam a incorporar o portfólio da Viacom – isso inclui o canal principal no YouTube e outros afiliados, como o site Porta dos Fundos, séries de TV, aplicativos para celular, jogos e uma linha de produtos.

Segundo comunicado da Viacom, em parceria com os fundadores do grupo, novas produções serão criadas para TV, internet e outras mídias, além de reforçar a parceria com o canal Comedy Central, também da Viacom.

Fundado em 2012, o Porta dos Fundos é um dos canais de entretenimento mais acessados do YouTube e conta com mais de 13 milhões de inscritos. Recentemente, ele também superou a marca de três bilhões de visualizações.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

  1. 90% as pessoas que trabalham ou já trabalharam lá recomendariam a empresa a um amigo. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo

    20 cargos

    Do aprendiz ao gerente: quanto ganham os funcionários do Itaú

  2. De acordo com a análise da Michael Page, o “arquiteto de bebês” será um especialista no genoma humano. |

    Até 2030

    9 profissões que serão essenciais no futuro (a maioria ainda nem existe)

  3.  | Antônio More/Gazeta do Povo

    TELECOMUNICAÇÕES

    Como a Oi, uma empresa de 63 milhões de clientes, entrou em crise?

PUBLICIDADE