Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Mercado de trabalho

5 dicas para seu currículo chamar a atenção de recrutadores

Vale a pena investir tempo na elaboração do material que será o primeiro contato com as empresas

  • Jéssica Maes especial para a Gazeta do Povo
Na hora da seleção, não basta ser qualificado: é preciso ser visto.  | Renato Stockler/Folhapress
Na hora da seleção, não basta ser qualificado: é preciso ser visto.  Renato Stockler/Folhapress
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Seja por estar desempregado ou procurando novos desafios, um currículo bem elaborado é um passo importante para conseguir uma boa posição. Mas os altos níveis de concorrência são um obstáculo e uma dúvida constante é como fazer o seu currículo se destacar em meio a tantos outros. Além da imagem tradicional de uma pilha de currículos sobre a mesa do recrutador, hoje ainda é preciso passar pelos filtros dos bancos eletrônicos de currículos. 

LEIA MAIS sobre carreira e emprego

A consultora de carreira Taís Targa, eleita uma das Top Voices brasileiras pelo LinkedIn, destaca algumas dicas para que você não passe despercebido na primeira fase dos processos de seleção. 

LEIA TAMBÉM: 7 modelos para montar um currículo disponíveis na internet

1. Mantenha o conteúdo atualizado

Mais do que atualizar seu currículo ao começar em um novo emprego, é importante lembrar de colocar experiências adquiridas, cursos feitos e características profissionais adquiridas ao longo da carreira. Além disso, a frequência da atualização é um dos fatores levados em consideração quando as empresas usam bancos de currículo. “Um dos filtros mais importantes é a atualização”, afirma a especialista. “Edite sempre o documento para que esteja entre os mais recentes. Uma dica é colocar e tirar, semanalmente, um ponto final de algum lugar do currículo”. 

Ou seja, não é necessário fazer novos cursos toda semana para driblar os sistemas de busca. Basta fazer edições periódicas que te coloquem à frente, sem prejudicar o conteúdo.

LEIA TAMBÉM: Dicas de como montar um bom currículo

2. Seja conciso, mas sem exageros

Reza a lenda que nenhum currículo pode ter mais do que duas páginas - mas não é bem assim. Segundo Tais, essa regra não se aplica a todos. “Quem tem mais de dez anos de carreira e trabalhou em três ou quatro empresas diferentes tem muita dificuldade de sintetizar isso em duas páginas”, aponta. 

Então, nada de deixar de fora alguma vivência internacional ou seu nível de senioridade: caso haja conteúdo, não é um erro ultrapassar esse limite e chegar a três páginas. “Às vezes, as pessoas acabam enxugando detalhes essenciais”. 

LEIA TAMBÉM: 20 sinais de que você está perto de ser demitido

3. Escreva sem medo

Os filtros de busca são outro ponto a ser levado em consideração sobre o tamanho do currículo. Para garantir que o recrutador vai lhe encontrar online é necessário que seu currículo tenha texto suficiente. Uma boa dica é incluir várias palavras-chave que possam ser usadas pelas empresas para procurar profissionais de acordo com o perfil desejado. 

“Os bancos de dados usam ferramentas de SEO e ranqueamento parecidos com o do Google”, explica Tais. Se você é engenheiro e trabalha com gerência de projetos, por exemplo, inclua, além destas palavras termos como “licitações”, “contratos”, “gestão”, “planejamento” e “análise”. 

LEIA TAMBÉM: 7 modelos para montar um currículo disponíveis na internet

4. Faça uma carta de apresentação

Está entrando em contato com o recrutador por e-mail? Nada de mandar apenas “Segue currículo em anexo” no corpo do e-mail. Uma breve carta de apresentação é uma maneira mais polida de iniciar a relação com a empresa e dá a oportunidade de se apresentar como o profissional mais adequado para aquela vaga. 

“Tem que ter uma carta de apresentação”, assegura a coach. “Nela você vai colocar seu nome, formação, resumir a sua experiência profissional em uma frase, dizer que está disposto a encarar novos desafios e tem interesse naquela vaga”. Vale acrescentar também fluência com diferentes idiomas ou algum outro detalhe que julgue importante para aquela posição.

No caso de bancos de currículos, normalmente o próprio sistema pede um resumo da carreira do candidato. 

LEIA TAMBÉM: Confira dicas para não errar na carta de apresentação do currículo

5. Adeque-o a diferentes vagas

Antes de enviar seu currículo, veja o que pode modificar no conteúdo para que seja mais adequado àquela vaga. Não é preciso se preocupar com a pretensão salarial neste primeiro contato, mas priorize informações que mostrem porque você é o candidato mais adequado. “Tem que ter um currículo médio, padrão, mas é importante customizar”, diz Targa.

Se for mandar o currículo por e-mail, deve-se levar em conta também o layout, que deve ser arrojado e sem exageros. “Deve-se mostrar certa jovialidade, mas sem sair muito do padrão”. No entanto, isso não se aplica para vagas relacionadas à criatividade e comunicação. Nestes casos, uma opção é elaborar um currículo em forma de infográficos, que pode acompanhar o modelo mais padronizado. 

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE