Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Nível de Satisfação

Mexicanos estão mais felizes no trabalho do que brasileiros e argentinos

Os dados são do portal Love Mondays, que tem avaliações de mais de 100 mil empresas nos três países

  • Jéssica Maes, especial para a Gazeta do povo
Usuários avaliaram  a satisfação geral, oportunidades de carreira, cultura da empresa, remuneração e benefícios e qualidade de vida . | Bigstock
Usuários avaliaram a satisfação geral, oportunidades de carreira, cultura da empresa, remuneração e benefícios e qualidade de vida . Bigstock
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Um levantamento feito pelo portal Love Mondays com dados do Brasil, Argentina e México mostrou que os mexicanos são mais satisfeitos com o trabalho. Os usuários avaliaram suas empresas de acordo com cinco fatores: satisfação geral, oportunidades de carreira, cultura da empresa, qualidade de vida e remuneração e benefícios. O México lidera em todos eles.

Leia mais sobre Carreira e Emprego

Conheça as mordomias do escritório do Facebook em São Paulo

“Apesar de ter os menores níveis de satisfação com oportunidades de carreira e qualidade de vida, o Brasil tem a segunda maior nota ao falar de satisfação geral. É interessante notar que, apesar de suas peculiaridades culturais, os três países apresentam notas relativamente semelhantes, com destaque para o México que saiu na frente em todos os quesitos”, diz Luciana Caletti, CEO e cofundadora do Love Mondays.

O site foi criado no Brasil em 2014 e chegou ao México e à Argentina no início de 2017. Trata-se de uma plataforma na qual os profissionais avaliam companhias onde trabalham ou já trabalharam. Ao todo, são quase um milhão de salários e avaliações cadastrados para 25 mil empresas, sendo que a maioria é de funcionários brasileiros. O Brasil tem 900 mil salários e avaliações para 100 mil empresas, mexicanos cadastraram 70 mil salários e avaliações para 18 mil empresas e argentinos, 23 mil salários e avaliações para 7 mil empresas.

As avaliações são baseadas em notas de 1 a 5, indo, respectivamente, de “muito insatisfeito” a “muito satisfeito”. Argentinos e brasileiros empatam quando o quesito é cultura da empresa, mas nossos vizinhos são os mais insatisfeitos com suas remunerações e benefícios. Mexicanos deram a menor nota para qualidade de vida e brasileiros, para as oportunidades de carreira. Nos três países, a satisfação geral levou a maior nota.

Confira abaixo todos os dados da pesquisa realizada pelo Love Mondays:

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE