Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Estratégia

Não espere a vaga aparecer. Fale direto com quem manda na empresa que você admira

Pensar em bons nomes na companhia e tentar uma aproximação pode ajudar na conquista de uma vaga

  • Lívia Inácio Especial para a Gazeta do Povo
A ideia de tentar  o contato direto com o gestor da empresa é muito usada para conseguir uma vaga - e pode dar certo | Bigstock
A ideia de tentar o contato direto com o gestor da empresa é muito usada para conseguir uma vaga - e pode dar certo Bigstock
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Em busca de um emprego, o publicitário Alec Brownstein resolveu listar cinco líderes de organizações onde sempre sonhou trabalhar. Sua ideia era entrar em contato com eles para pedir uma vaga pessoalmente. Mas o passo mais difícil era alcançar aqueles figurões e mostrar que o seu currículo realmente valia a pena.

A solução que encontrou foi brilhante: ao supor que grandes gestores, vez e outra, procuravam a si mesmos no Google, patrocinou links indexados aos nomes dos seus cinco alvos com a frase “Pesquisar seu nome no Google é muito legal. Me contratar também é”. A brincadeira custou apenas US$ 6 e o resultado foi além do esperado: Alec foi chamado por quatro dos cinco líderes e acabou contratado por um deles.

LEIA MAIS: Quanto vale o seu “passe” no mercado de trabalho?

A estratégia do publicitário foi excepcional. Mas não é incomum que pessoas que estejam a procura de um trabalho pensem em contatar grandes lideranças das organizações assim, diretamente. Ligar na empresa para tentar marcar um encontro ou mesmo enviar um bom e-mail para agendar um café são caminhos bastante usados por profissionais disponíveis no mercado, embora pareçam pouco usuais hoje em dia.

Alec Brownstein patrocinou um link com o nome de Ian Reichenthal para pedir um emprego ao gestor.

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/12/07/Economia/Imagens/Futuro/AlecBrownstein_TheGoogleJobExperiment10.jpg
Reprodução

Mas é preciso ter cautela antes de dar este passo ousado. O primeiro cuidado é pesquisar bastante sobre a empresa em questão, segundo o coach Rafael Pompeo. O especialista explica que a pessoa tem de estar segura de que realmente quer trabalhar ali, deve se imaginar feliz naquele lugar. E para que essa projeção seja precisa, é bom apostar no autoconhecimento para saber o que tem a oferecer à organização. É exatamente esta sabedoria que o profissional deverá usar como ponto favorável ao seu discurso – seja pessoalmente, por telefone ou e-mail.

Conte sua história

A coach Cibele Nardi orienta que o que mais chama a atenção dos líderes é uma abordagem que conte uma boa história e, claro, de maneira interessante. Muito usada no meio corporativo, a técnica do storytelling tem por objetivo atrair o olhar das pessoas para narrativas relevantes. Esta ideia, segundo a especialista, pode muito bem ser utilizada quando se tenta fazer o primeiro contato com alguém do alto escalão de uma empresa.

LEIA TAMBÉM: Não deixe que sua vida pessoal estrague sua carreira (e vice-versa)

Veja bem, se for escrever uma carta de apresentação por e-mail, pense no que vai dizer ao contar sua história. Ela pode ter, por exemplo, um personagem (você), com uma missão (entrar na empresa) e um conflito (a dificuldade de contatar o líder que poderia ser seu chefe). Tudo o que você precisa fazer é unir estes elementos de maneira criativa. Mas deve ser algo bem direcionado para quem você quer atingir. Por isso, conheça o perfil do seu interlocutor previamente.

Quem teve sucesso em um contato assim foi o web designer Jacob Bijani. Em 2008, ele enviou uma mensagem para o e-mail de empregos do Tumblr. A plataforma ainda estava no início. Com apenas cinco linhas bem distribuídas, incluindo sua assinatura, Jacob chamou a atenção do fundador da rede social, David Karp. O candidato dizia: “Oi, eu estava pensando se você ainda está procurando alguém para preencher a vaga de desenvolvedor criativo. Obrigado, Jacob Bijani”.

David, que era jovem, dinâmico e objetivo, deve ter gostado muito do jeito prático e direto do rapaz porque não demorou muito a responder a mensagem com: “Não exatamente, mas se está falando de você, estou mais do que interessado. O que tem feito esses dias?”. O e-mail e sua resposta viralizaram na internet e Jacob foi contratado.

Com apenas cinco linhas, Jacob Bijani conseguiu um emprego no Tumblr

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/12/07/Economia/Imagens/Futuro/1.png

Acione sua rede

Especialistas reforçam que quando o líder não sabe absolutamente nada sobre candidato, é sempre mais difícil que haja um contato direto. Cibele lembra que 80% das boas contratações acontecem por meio de indicações. Então, antes que a pessoa tenha enviado um e-mail para o gestor, um conhecido ao menos menciona que a conhece – esta é a fórmula com mais chances de dar certo.

Para quem não sabe bem como acionar sua rede de contatos e alcançar quem almeja, a coach dá a seguinte dica: pense em cinco pessoas próximas a você que, interligadas, podem te ajudar a chegar ao seu alvo. Sabe aquela história de alguém que conhece alguém que conhece alguém? Em algum momento esta corrente chega aonde você quer. Então, corra atrás destes contatos e peça para que alguém espalhe coisas boas sobre você.

LEIA TAMBÉM:Como reconhecer e lidar com um colega de trabalho manipulador

Se não acha essa ideia viável e quer arriscar na apresentação “às cegas”, Cibele lembra que boa parte dos altos executivos não responde seus próprios e-mails e não atende os próprios telefonemas. Há sempre um secretário fazendo uma triagem de tudo o que chega. Nesse sentido, a especialista explica que este profissional deve ser encarado como possível canal e não como barreira. “Muita gente fala ‘não quero conversar com você, quero conversar com quem está acima’. Não é um bom caminho. Estabeleça um bom contato com aqueles que estão na linha de frente”, orienta.

Canais virtuais

“Quem está procurando emprego precisa estar no LinkedIn”. É o que reforça Tais Targa, diretora da consultoria TTarga. A especialista indica que o canal mais eficaz para se iniciar conversas diretas é a rede profissional da Microsoft e explica que a execução do seu plano deve começar com a atualização do seu currículo e a postagem de conteúdos relevantes.

Logo na sequência, com o perfil já em dia, você adiciona quem quer, deixando uma mensagem e se apresentando (dá para usar a técnica do storytelling nesse momento e lançar mão da sua criatividade e simpatia). E nada de mensagens impessoais.

Demonstre seriedade, mas mostre um pouco de você no momento da apresentação. Diga que você tem interesse em acompanhar o que a pessoa publica, que está sempre a par dos resultados da empresa. Se sentir que já há espaço, fale que gostaria de poder um dia contribuir com a organização. Seja espontâneo e cuide com a estética do texto – nada de frases amontoadas e erros de português. Serão poucas linhas, mas decisivas. Aproveite a chance de dar o seu melhor.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Economia

PUBLICIDADE