Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

em busca de um sonho

Jovem aprovado em 14 universidades dos EUA faz vaquinha para estudar

Incentivado por amigos e professores, Lucas Gomes promove campanha de arrecadação de recursos para poder estudar fora do país

  • Luiz Kozak, especial para a Gazeta do Povo
Lucas Gomes ao lado da família, quando estudava no Colégio da Polícia Militar do Paraná | Arquivo Pessoal.
Lucas Gomes ao lado da família, quando estudava no Colégio da Polícia Militar do Paraná Arquivo Pessoal.
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Desejo comum entre jovens brasileiros, estudar em instituições estrangeiras é algo caro e, para muitos, inacessível - boa parte dos futuros universitários desiste antes mesmo do processo seletivo. Outros, porém, tentam formas criativas para levantar os recursos necessários. 

É o caso do paranaense Lucas Gomes, recém-aprovado em quatorze universidades dos Estados Unidos. Sem condições financeiras para bancar os custos no exterior, o jovem foi incentivado a tentar arrecadar recursos via crowdfunding, método de financiamento coletivo online em que qualquer pessoa pode doar dinheiro para que causas como a de Lucas possam ser viabilizadas. 

Para ajudar o Lucas, clique aqui: “Lucas nos Eua”

“Meus amigos viram as várias universidades em que eu tinha sido aprovado e me perguntaram para qual seria escolhida. Quando respondi que não poderia ingressar em nenhuma, muitos dos meus amigos e professores me encorajaram a fazer uma campanha e disseram que eles mesmos colaborariam”, conta o estudante. 

Entre as instituições em que foi aprovado, Lucas está dividido entre duas: a Caldwell University, em Nova Jersey, e a Hult International Business School, em São Francisco.  

“A Hult é a minha escola dos sonhos. É focada em business e marketing, está localizada em uma das melhores cidades do mundo, supertecnológica e com um ensino bastante prático, contando com a presença de CEOs das grandes empresas locais. Mas devido à dificuldade financeira, selecionei também a Caldwell University, que me concedeu uma bolsa de 80%, sendo assim uma opção boa e também barata.”

Na Hult Business School, a família Gomes projetou um gasto anual de R$ 101 mil. Já na Caldwell, esse número cairia para R$ 72 mil. Parte desse valor, aproximadamente R$ 30 mil, será bancado pelos pais. Para o restante, Lucas tem esperança no financiamento coletivo.  

LEIA TAMBÉM: Jovem se candidatou a 20 das melhores faculdades do mundo. E foi aprovado em todas

Após o término dos estudos, Lucas pretende voltar ao Brasil: “É minha casa. Aqui cresci e tenho família. O mínimo que poderia fazer é voltar para cá, retribuir e ajudar a transformar a sociedade.” 

Trajetória 

Natural de Foz do Iguaçu, oeste do estado, o jovem veio para Curitiba com apenas cinco anos — aos dez já havia sido aprovado em primeiro lugar no Colégio da Polícia Militar, um dos mais concorridos da cidade, para cursar o ensino fundamental. 

LEIA MAIS: Estudantes do interior de SP participarão de umas das maiores feira de ciências do mundo

Agora, Lucas deseja cursar a graduação de Marketing Esportivo, aliando duas de suas paixões: o conhecimento e o esporte, em especial o futebol. Afinal, foi graças à prática esportiva que ele adquiriu uma bolsa de estudos integral para cursar o ensino médio na International School of Curitiba. 

“Com os meus bons resultados no futsal, a ISC me concedeu uma bolsa de 100% durante os três anos”, conta.  

“Lucas nos EUA” 

Iniciada no começo de maio, a “vaquinha” já arrecadou pouco mais de R$ 14 mil reais, equivalente a 31% do valor estimado. Até o dia 30 de junho, limite estipulado para que Lucas consiga viajar a tempo de começar seus estudos, a campanha pretende coletar pouco mais de R$40 mil, para que o paranaense se matricule na opção mais barata, em Nova Jersey. 

Caso essa meta seja alcançada, o site automaticamente libera o próximo estágio da campanha, com foco na primeira opção de Lucas, em São Francisco. 

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/05/16/Educacao/Imagens/Cortadas/JqBbnbW-ID000002-1200x800@GP-Web.jpg
Graças à prática esportiva que ele adquiriu uma bolsa de estudos integral para cursar o ensino médio na International School of Curitiba. Arquivo Pessoal.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Educação

PUBLICIDADE