Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

PUBLICIDADE

LAVA JATO

“Para prender Lula, vai ter que matar gente”, diz Gleisi

A senadora e presidente do PT disse em entrevista ao site Poder360 que, se o TRF-4 mantiver a condenação do ex-presidente, significa que os desembargadores “desceram para o ‘play’ da política”

  • Da Redação
 | Ricardo Stuckert/PT
Ricardo Stuckert/PT
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

“Para prender o Lula, vai ter que matar gente”, disse nesta segunda-feira (15) a presidente do PT, Gleisi Hoffmann, em referência ao julgamento do recurso de Lula no Tribunal Regional Federal da 4.ª Região (TRF-4), marcado para o dia 24.

“Para prender o Lula, vai ter que prender muita gente, mas, mais do que isso, vai ter que matar gente. Aí, vai ter que matar”, disse a senadora em entrevista ao site Poder360, desconsiderando a hipótese de prisão.

No julgamento do recurso, o TRF-4 vai decidir se mantém ou não a decisão do juiz federal Sergio Moro, que condenou o petista a nove anos e meio de prisão pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro no processo do apartamento tríplex do Guarujá (SP).

No início da tarde desta terça (16), Gleisi explicou sua declaração. “Na minha fala ao site Poder360, usei uma força de expressão para dizer o quanto Lula é amado pelo povo brasileiro. É o maior líder popular do país e está sendo vítima de injustiças e violências que atingem quem o admira. Como não se revoltar com condenação sem provas? Política e injusta”, escreveu no Twitter.

Lula será candidato, garante Gleisi

Segundo Gleisi, mesmo que a condenação seja mantida, Lula não deixará a disputa pela Presidência da República e terá sua candidatura registrada. “A candidatura vai ser decidida na Justiça Eleitoral”, disse.

LEIA TAMBÉM: Não é só Porto Alegre: Lula pode ser condenado outras seis vezes em 2018

A presidente do PT afirmou ao Poder360 que a absolvição pelo TRF-4 é o único resultado “capaz de resgatar a seriedade da Justiça brasileira e mostrar para o Brasil e para o mundo que há isenção no Poder Judiciário”.

Por outro lado, caso os desembargadores da 8.ª turma do TRF-4 mantenham a decisão de Moro, significa que “eles desceram para o ‘play’ da política”, segundo Gleisi. “No ‘play’ da política nós vamos jogar (...) E vamos jogar pesado”, disse a senadora, segundo o Poder360.

LEIA MAIS notícias sobre Lula

O objetivo do PT, de acordo com o site, é registrar a candidatura de Lula em 15 de agosto e depois sustentá-la com os recursos que forem necessários, de forma que a foto do ex-presidente apareça na urna eletrônica. “Como é que vai cassar o voto de 40, 50 milhões de brasileiros?”, questionou Gleisi.

Lula pode ser preso?

O atual entendimento do Supremo Tribunal Federal (STF) é de que réus condenados em segunda instância já podem começar a cumprir pena. Mas, de 48 réus da Lava Jato condenados por Moro, que não fizeram delação premiada e tiveram suas penas mantidas pelo TRF-4, apenas dez estão cumprindo pena.

ENTENDA:Lula vai ser preso? Números do TRF4 mostram que cumprimento da pena pode demorar

Antes do cumprimento da pena é preciso que sejam esgotados todos os recursos em segundo grau. Se a decisão da 8.ª Turma do TRF-4 não for unânime, cabem embargos de declaração e embargos infringentes, que tendem a atrasar o desfecho do caso.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Política

PUBLICIDADE