Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

eleições 2018

Quem quer ser político? 4 mil candidatos concorrem a bolsa de até R$ 72 mil

O movimento RenovaBR seleciona bolsistas para participar de cursos de capacitação para novos candidatos ao Legislativo. Inscrições já foram encerradas

  • Fernanda Trisotto
 | Jonas Pereira/Agência Senado
Jonas Pereira/Agência Senado
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Muita gente deseja “virar” político, mas não tem ideia de por onde começar. Foi com o propósito de “acelerar novas lideranças” que o movimento RenovaBR lançou uma espécie de escola para pessoas que desejam concorrer a um cargo público nas eleições – mais especificamente para quem tem interesse no Legislativo, para o cargo de deputado federal.

Em pouco mais de um mês, mais de 4 mil pessoas se inscreveram na seleção, que deve escolher entre 100 e 150 candidatos a político. Os escolhidos receberão bolsas de até R$ 72 mil para ter aulas sobre gestão pública, conceitos do Legislativo e práticas anticorrupção ao longo de seis meses. As inscrições já se encerraram.

O Renova Brasil começou sua seleção oficialmente no início de outubro – algumas semanas antes já havia dominado as notícias por ser uma iniciativa de um grupo de empresários e influenciadores. Até Luciano Huck, que à época era um dos presidenciáveis, aparecia capitaneando a proposta junto do empresário Eduardo Mufarej. O nome de Huck sumiu do grupo de idealizadores, mas acabou ajudando muito na divulgação da incubadora de candidatos.

As inscrições superaram em quase 300% a meta inicial, conta Izabella Mattar, diretora-executiva do RenovaBR. O grupo recebeu inscrições de pessoas de todos os estados – as exigências eram ser maiores de 21 anos, histórico de liderança, vontade de servir o país e nunca terem ocupado cargo eletivo.

“Cada inscrito respondeu a um questionário online com testes de posicionamento político, ética e inteligência fluida, além de relatar experiências pessoais e profissionais”, conta. Eles ainda precisaram falar sobre os motivos de procurar um projeto de renovação política. A peneira foi dura: cerca de 300 pessoas passaram para a fase de entrevistas, a segunda etapa da seleção, que acaba nesta sexta-feira (8). O resultado final deve ser divulgado no dia 31 de dezembro.

Os selecionados terão aulas a distância (EaD) e presenciais, com conteúdo flexível e adaptável. A ideia é haver um ciclo básico e matérias eletivas como liderança adaptativa, gestão de redes sociais e autoconhecimento. Izabella ressalta que o processo de formação é plural e consistente.

“Teremos um olhar para diversos aspectos, não só os técnicos. Vamos falar sobre os desafios do Brasil, sobre a realidade política e as inovações que estão acontecendo em parlamentos ao redor do mundo, sobre o papel dos legisladores, sobre ética e resiliência, autoconhecimento e propósito, sobre comunicação e marketing político, entre outros temas”, explica.

O objetivo é que esse aluno se dedique a uma carreira política depois do curso – por isso, ninguém precisa ser filiado a algum partido desde já. O valor da bolsa varia de R$ 5 mil a R$ 12 mil mensais – que é equiparável a de um programa de trainee – e será definido de acordo com a necessidade do participante, que ficará no programa entre janeiro e junho de 2018.

E se esse aluno porventura decidir se candidatar e for eleito para algum cargo em 2018, terá de cumprir algumas contrapartidas por ter sido bolsista do programa. O RenovaBR pede que haja comprometimento com ações de transparência – da divulgação de agenda de compromissos, prestação de contas de todos os gastos com dinheiro público, publicidade aos votos em plenário e comissões até a escolha, via processo seletivo, de funcionários para o gabinete.

Doadores

A partir de 2018, o site contará com um espaço para que interessados em doar – dinheiro, tempo ou conhecimento – possam colaborar com o programa educacional. Não há exigências para ser doador e essas pessoas não podem cobrar nada dos bolsistas. E já tem muito interessado em participar desse outro lado.

“O número de voluntários também é muito grande: temos mais de 500 inscritos a voluntariar conosco, de diferentes históricos, conhecimentos e senioridade. Tudo isso nos faz acreditar que os brasileiros têm muita esperança, que acreditam na transformação da política e que estão dispostos a ser parte dessa mudança”, ressalta Izabella.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Política

PUBLICIDADE