2012

Fechar
PUBLICIDADE

Votação encerrada.

Mundo

  • Naufrágio do Costa Concordia: Em 13 de janeiro o navio de cruzeiro Costa Concordia bateu em rochas nas proximidades da ilha de Giglio, na Itália. O acidente causou 32 mortes sendo que dois corpos permanecem desaparecidos.

  • Crise política no Paraguai: o presidente paraguaio, Fernando Lugo, sofre impeachment, em um processo que durou menos 36 horas. A crise levou o Paraguai a ser suspenso do Mercosul e a Venezuela foi incluída no grupo.

  • Partícula de Deus: em 4 de julho os cientistas do CERN descobrem uma nova partícula subatômica a qual pode vir a ser identificada como bóson de Higgs.

  • Furacão Sandy: Furacão passa pelo Caribe deixando 67 mortos. Atinge a costa leste dos Estados Unidos causando prejuízos em 18 estados e provando 29 mortes.

  • Obama é reeleito: O presidente Barack Obama é reeleito com 332 votos no colégio eleitoral.

  • Vida Pública

  • Mensalão: Supremo Tribunal Federal condena 25 envolvidos no esquema do Mensalão. Marcos Valério, um dos condenados, acusa o ex-presidente Lula de participação.

  • Câmara de Curitiba: Depois de uma série de escândalos envolvendo contratos de publicidade da Câmara de Vereadores de Curitiba, o presidente João Cláudio Derosso renuncia ao cargo.

  • Eleições municipais: Gustavo Fruet vence Ratinho Junior no segundo turno das eleições municipais em Curitiba.

  • Prefeitos de Londrina: o prefeito de Londrina, Barbosa Neto, é cassado. O vice, José Joaquim Ribeiro, que assumiu a cadeira, confessa ter recebido propina, renuncia e é preso.

  • Caso Carlinhos Cachoeira: Investigação da PF revelou ligação do bicheiro Carlos Cachoeira com vários políticos, entre eles o senador Demóstenes Torres - que foi cassado -, e os governadores Agnelo Queiroz, do Distrito Federal, e Marconi Perillo, de Goiás.

  • Caderno G

  • Incêndio: Casa do colecionador Jean Boghici, no Rio de Janeiro, é atingida por incêndio e importantes obras da arte brasileira são destruídas, entre elas o quadro Samba, de Di Cavalcanti.

  • Hebe Camargo: Morre, em São Paulo, no dia 29 de setembro, a apresentadora de televisão, atriz e cantora, Hebe Camargo.

  • Avenida Brasil: novela das 21h vira febre entre os telespectadores. Personagens Nina, Carminha e Nina fazem sucesso nas redes sociais.

  • Dalton Trevisan: escritor curitibano ganha o prêmio Camões, o mais importante da literatura em língua portuguesa. Ele mantém o mistério e não aparece para receber a premiação.

  • Roberto Carlos: o Rei volta às paradas de sucessos com a música Esse Cara Sou Eu.

  • Esportes

  • Atlético: o time Atlético Paranaense volta à Série A do Campeonato Brasileiro.

  • Coritiba: o Coritiba conquista o tricampeonato paranaense.

  • Paraná: o time volta para a primeira divisão do campeonato Estadual

  • Olimpíadas: Pela primeira vez, um atleta amputado, Oscar Pistorius, disputa uma olimpíada

  • Seleção Brasileira: Queda de Ricardo Teixeira na CBF. Felipão volta a ser o técnico da seleção e Carlos Alberto Parreira é o coordenador técnico.

  • Economia

  • Seca: causada pelo efeito La Niña, estiagem no início do ano reduziu 4,5 milhões de toneladas da produção de grãos no Brasil, em comparação à temporada anterior.

  • Aeroportos: em fevereiro, os aeroportos de Guarulhos, Campinas e Brasília foram privatizados pelo governo federal, que arrecadou R$ 24,5 bilhões

  • Redução na conta de luz: A presidente Dilma Rousseff anunciou em setembro uma redução de 20% na taxa de energia elétrica. Nem todas as empresas aderiram e a conta deve cair 16,7%. Agora o Tesouro Nacional deve cobrir a diferença

  • Taxa de Juros: A taxa básica de juros (Selic) sofreu reduções seguidas, atingindo o menor valor da história de 7,25% ao ano. A diminuição na taxa influenciou a caderneta de poupança, que teve a remuneração modificada pelo governo.

  • Operadoras de celular: em julho, as operadoras de telefonia TIM, Oi e Claro foram proibidas pela Anatel de em vender novas linhas. O motivo da punição foi a constante reclamação de consumidores e interrupções nas ligações.

  • Paraná

  • Greve do ônibus: paralisação dos motoristas e cobradores durou dois dias e deixou 2,3 milhões de usuários ficaram sem ônibus em Curitiba e região. Houve reflexo no comércio, nas escolas e até nos hospitais.

  • Instalação das UPSs: As primeiras Unidades Paraná Seguro são instaladas em Curitiba, Cascavel e Londrina. Ao todo são doze unidades em todo estado.

  • Sanepar: Polícia Federal diz que Sanepar é a maior poluidora do Rio Iguaçu. As investigações apontaram que 20% das estações de tratamento de esgoto da companhia atuavam clandestinamente.

  • Greve da UFPR: A paralisação dos professores da UFPR durou 120 dias, a maior greve da história da instituição.

  • Violência policial: vários casos de abuso de policiais militares contra civis - torcedora do Coritiba e família agredida no Bairro Alto.

  • Brasil

  • Fraude nos combustíveis: Reportagem do Fantástico denuncia um esquema de fraude eletrônica em postos de combustível de Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo. No golpe, o consumidor recebia menos combustível que o informado na bomba.

  • Cotas: STF aprova o sistema de cotas raciais e sociais para o ingresso nas universidades federais. Em agosto, a presidente Dilma Rousseff sancionou o projeto que reserva metade das vagas para alunos que estudaram em colégios públicos.

  • Caso Yoki: corpo de ex-executivo da Yoki, Marcos Kitano Matsunaga, é achado esquartejado. A mulher dele, Elize Matsunaga, confessou o crime.

  • Conflito entre paraguaios e brasiguaios: sem-terra paraguaios, chamados "carperos", pedem a saída de brasiguaios de terras que segundo eles pertencem ao governo. Em 15 de junho, um tiroteio durante uma ação de reintegração de posse provocou a morte de 11 sem-terra e seis policiais.

  • Morre Oscar Niemeyer: Reconhecido internacionalmente por suas obras, o arquiteto brasileiro Oscar Niemeyer, de 104 anos, morreu no dia 5 de dezembro no Rio de Janeiro.

Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais