Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Libertadores

Jogo histórico no Chile empolga o Atlético: “Objetivo é chegar à final e ser campeão”

  • SANTIAGO (Chile)
  • Julio Filho enviado especial
Jonathan comemora com Carlos Alberto: gol histórico. | Jonathan Campos/Gazeta do Povo
Jonathan comemora com Carlos Alberto: gol histórico. Jonathan Campos/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

A grande possibilidade de enfrentar um adversário brasileiro nas oitavas de final da Libertadores (veja aqui) não assusta o time do Atlético . Após a classificação histórica fora de casa diante do Universidad Católica, do Chile, na última quarta-feira (17), o Furacão poderia enfrentar, por exemplo, Palmeiras, Santos, Grêmio ou Atlético-MG nas oitavas de final.

LEIA: Atlético tentará mudar data das oitavas para jogar na Arena

“Nosso time tem o objetivo de chegar na final e ser campeão. Não vamos ficar escolhendo adversários”, assegura, confiante, o lateral-direito Jonathan. “E esse é o nosso objetivo, apesar de muitos não acreditarem. Vamos esperar o sorteio e, quem vier, vamos enfrentar de igual para igual. Não podemos temer ninguém”, prossegue.

LEIA: Paulo Autuori dedica vitória do Atlético a “oportunistas de plantão”

Campeão da Libertadores em 2005 com o São Paulo, o atacante Grafite vai além e diz preferir encarar um oponente nacional na próxima fase da disputa internacional.

LEIA: Presidente do Atlético promete reforços para a sequência da Libertadores

“Tira o peso das viagens, da adaptação, chance de ter que jogar na altitude, essas coisas são complicadas”, explica.

O jogador relembra que, em 2005, o São Paulo eliminou o Palmeiras nas oitavas de final, no caminho para o título.

“Se for brasileiro, argentino, de qualquer outro país, temos que enfrentar qualquer um. Mas, no meu ponto de vista, acho que é melhor enfrentar um brasileiro”, completa.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE