Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

personagem

Na Europa, ex-promessa do Atlético diz que excesso de “expectativa e cobrança” o atrapalhou

  • Julio Filho
Crysan chegou em 2017 ao Cercle Brugge. | Divulgação
Crysan chegou em 2017 ao Cercle Brugge. Divulgação
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Feliz na Bélgica, onde defende o Cercle Brugge, da segunda divisão local, o atacante Crysan acredita que o excesso de expectativas gerada após o bom início no time profissional do Atlético atrapalhou a trajetória dele na Arena da Baixada.

No primeiro ano como profissional, em 2015, o jogador, então com 18 anos, terminou como terceiro melhor artilheiro do Furacão na temporada, com cinco gols. No mesmo ano, entretanto, acabou afastado do time, no mês de maio, após uma “noitada” com o meia Marcos Damasceno.

“Quando subi [para o profissional], fui o artilheiro da equipe no Paranaense, continuei como um dos artilheiros no ano, mas como todo jogador jovem tem queda de rendimento e o Atlético é um clube grande. A cobrança que vem é grande também”, diz o jogador de 21 anos, que tem contrato com o Atlético até dezembro de 2018.

>> PARANAENSE 2018: confira a tabela do Estadual

Após o episódio de indisciplina, Crysan ainda teve novas oportunidades no clube em 2016. Mas, durante a vitória por 5 a 0 sobre o Dom Bosco, pela Copa do Brasil, ele anotou um gol e pediu para a torcida ficar em silêncio. Logo em seguida, para piorar, viu que o gol foi anulado. Foi o estopim para nova revolta dos atleticanos.

Depois disso, foi emprestado para o Oeste, antes de voltar ao Furacão, em 2017. Logo em seguida, veio o empréstimo ao Cercle Brugge.

Não importa a idade, a cobrança vai vir grande [no Atlético]. Acho que isso afetou a mim e outros jogadores novos do Atlético. Deu uma prejudicada

Até o momento, o jogador soma três gols em 22 partidas pelo time belga. Ele assegura já estar adaptado ao futebol europeu. “Sou o único que atuou em todos os jogos até agora, é um clube que está agregando muito na minha carreira taticamente e tecnicamente”, diz.

>> MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

Sobre uma possível volta ao Furacão, Crysan não descarta, mas admite que o plano é permanecer no Velho Continente. “É uma possibilidade, tenho contrato, mas não penso nisso agora, porque estou tendo oportunidade de jogar no Cercle e todos me passam confiança. Isto está refletindo positivamente na minha carreira”.

VEJA TAMBÉM:

>> COPA SÃO PAULO DE FUTEBOL JUNIOR: confira a tabela completa da competição

>> MERCADO DA BOLA INTERNACIONAL: siga a janela de transferências na Europa

>> LIBERTADORES: veja como ficaram os grupos e os duelos da fase preliminar

>> COPA SUL-AMERICANA: veja todos os confrontos do mata-mata continental

>> COPA DO BRASIL: confira o chaveamento completo do torneio

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE