Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Atlético

Bem-vindo à nova Arena

Gazeta do Povo tem acesso a imagens e plantas do estádio paranaense para a Copa do Mundo de 2014

Publicado em 10/08/2007 |
  • Comentários

Um projeto arquitetônico e de engenharia em torno de R$ 8,5 milhões definiu como será a nova Arena após a sua conclusão e a provável face do remodelado estádio pôde ser conhecida extra-oficialmente ontem. A Gazeta do Povo teve acesso a esboços e plantas da futura Baixada, estádio paranaense indicado para a Copa do Mundo de 2014. Algumas das características dos desenhos foram confirmadas pelo presidente do Conselho Gestor do clube, João Augusto Fleury, indicando a possível veracidade das imagens.

A capacidade final do estádio será para 41.375 espectadores – acima do mínimo de 40 mil exigido pela Conmebol para decisões de torneios continentais. Deste total, 37.816 lugares são exclusivos para o público. Os 3.559 assentos restantes são divididos entre posições de imprensa e camarotes.

O estádio ainda terá uma sala de 2.420 metros quadrados reservada para a Fifa e uma nova área para entrevistas (sala de coletivas, zona mista e de entrevista flash), localizada abaixo da nova reta.

Nos desenhos, boa parte da estrutura seria em vidro, detalhe não confirmado por Fleury. Na futura reta do colégio, estarão ainda uma tribuna de honra e os locais de imprensa, todos adequados aos padrões da Fifa.

O posicionamento do estacionamento – no terreno onde era o colégio Expoente e mais próximo à Rua Madre Maria dos Anjos – e a fachada foram os principais aspectos comuns entre o croqui que vazou e os documentos oficiais aos quais o clube tem acesso.

“Será que vazou? Se isso aconteceu foi por parte do escritório e não do Atlético Paranaense, porque o material não está no clube, e sim com algumas pessoas”, garantiu Fleury à Gazeta.

A confirmação da real identidade das figuras, que já circulam na internet, indicaria uma reincidência do escritório paulista de arquitetura Vigliecca & Associados.

“Se houve isso, algo deu errado, pois eles já tiveram uma experiência desagradável ano passado, quando imagens sigilosas foram divulgadas e depois tiveram que ser alteradas”, completou o presidente, referindo-se à veiculação de maquetes no site do escritório, posteriormente tiradas do ar.

A provável divulgação não-autorizada frustra parte do suntuoso evento planejado pelo clube para o lançamento oficial do projeto.

Responsável pelo marketing rubro-negro, Mauro Holzmann havia indicado o anúncio até o fim de julho. A concorrência com a realização da Copa América e dos Jogos Pan-Americanos do Rio transferiram o lançamento para data ainda indefinida.

O problema agora seria a definição do local, o que deve ser discutido na próxima reunião do Conselho Gestor, segunda ou terça-feira na semana que vem.

Ao todo, o projeto do estádio custou 15% da obra, estimada em US$ 30 (R$ 56,6 milhões).

A diretoria anuncia que a receita para a obra viria de recursos provavelmente captados com financiamentos e parcerias. Quando começar a fundação, o tempo estimado para o término será de 18 meses. Por enquanto, chegaram apenas as primeira vigas para a construção de um depósito de materiais.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 49,90 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade