Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

turismo

Hotéis terão R$ 4 bilhões em crédito até a Copa

  • Anna Paula Franco
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O plano estratégico do Ministério do Turismo (MTur) para melhorias no setor hoteleiro até a Copa do Mundo de 2014 incluirá uma linha de crédito de quase R$ 4 bilhões para ampliação e reforma da rede hoteleira em todo o país, já disponível nos bancos oficiais para financiamento de 15 a 20 anos, com até cinco anos de carência. “Isso vai garantir os leitos necessários para o evento em 2014. Não vai faltar hotel”, disse o ministro Pedro Novaes, durante a abertura oficial do 6.º Salão de Turismo, que ocorre até domingo em São Paulo, no Centro de eventos do Anhembi.

A menos de três anos da Copa, praticamente todas as ações do ministério estão focadas na capacitação de mão de obra dos profissionais ligados ao setor, no cadastramento de empresas e serviços, na melhoria nas atrações turísticas nas cidades-sede e adjacências, e na regulamentação das atividades, tudo pensando na realização do campeonato.

O Mtur também tem programado, até o fim do ano, o lançamento de mais ações estratégicas para profissionalização do setor. O reconhecimento da profissão de guia turístico já está em andamento, assim como a mudança do sistema de registro de hóspedes, que será lançado em agosto, em Salvador. O modelo atual de check-in será substituído por um sistema eletrônico, com armazenagem e centralização de dados.

O salão reúne em São Paulo todos os segmentos do turismo nacional, em cinco módulos diferentes. A Vitrine Brasil mostra a produção de artigos ligados ao turismo dos 27 estados brasileiros. A ideia é expor ao visitante o que é produzido por artesãos e agricultores familiares, que entram no mercado do turismo como fornecedores. “Acredito que o turismo seja uma fonte permanente de geração de emprego”, diz Novaes. O evento também inclui debates e discussões entre mercado, empresariado, governo, academia e parceiros; e a Feira de Roteiros Turísticos, com quase 100 opções de passeios país afora – incluindo a Rota do Café, com 15 municípios no Norte Pioneiro do Paraná, que vai ser premiada durante o evento. O roteiro leva o turista à origem da produção do café no estado, com visita a fazendas produtoras e restaurantes parceiros.

Quem visita o salão também pode sair com as próximas férias compradas. Um módulo de comercialização de pacotes e destinos reúne companhias aéreas, operadoras, agências, locadoras de veículos e parques temáticos, num total de 80 expositores e 580 cooperados. E, na rodada de negócios, operadoras e fornecedores locais, representados por meios de hospedagem e receptivos, mediados por técnicos do ministério, farão a estruturação de novos roteiros e destinos. A expectativa da organização é de que 100 mil pessoas passem pelo Salão do Tuismo até o fim da feira, no domingo.

A jornalista viajou a convite do Ministério do Turismo.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE