Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

brasileirão

Com aproveitamento pior que Chamusca, Marcelo Oliveira busca reação no Coritiba

Técnico conseguiu apenas duas vitórias em 10 jogos e possui aproveitamento próximo de Péricles Chamusca e Celso Roth

  • Daniel Malucelli
Técnico conseguiu apenas duas vitórias em 10 jogos. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Técnico conseguiu apenas duas vitórias em 10 jogos. Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Coritiba desafia o líder Corinthians, quarta-feira (11), às 21h, no Itaquerão, pela 27.ª rodada do Brasileirão, e leva a campo mais do que o 19.º lugar na tabela e sete jogos sem vencer na competição. O técnico Marcelo Oliveira soma outra marca negativa desde que retornou para o Alto da Glória.

O comandante de 62 anos soma apenas 30% de aproveitamento e apresenta o pior retrospecto de um treinador no clube desde Celso Roth, em 2014. Depois de dez jogos, Oliveira conquistou somente duas vitórias, três empates e já sofreu cinco derrotas.

TABELA: Veja a classificação e os jogos do Brasileirão

Os números atuais de Oliveira são muito próximos de Roth, demitido em 2014 com 29,4% de aproveitamento no Brasileirão. Péricles Chamusca, no ano anterior, também apresentou o mesmo rendimento e foi mandado embora depois de 11 jogos e somente 30,3% dos pontos conquistados.

Comentário de Carneiro Neto

Carregando o áudio...

O levantamento contempla apenas o desempenho de técnicos do Coxa no Brasileirão e com pelo menos 10 jogos à frente da equipe. Ou seja, não foram contabilizados o aproveitamento em partidas de outros torneios, como no Estadual.

Em 2012, o próprio Marcelo Oliveira foi demitido com eficiência próxima à atual quando deixou o cargo com 33% de aproveitamento em 22 jogos. O melhor de todos é Marquinhos Santos, que nos Nacionais de 2013 e 2014, obteve 54% e 50% de aproveitamento, respectivamente.

A queda brusca no Coritiba reflete na comparação com o antecessor Pachequinho, demitido na 15.ª rodada e com 42% de aproveitamento. Quando o ex-atacante e ídolo alviverde foi demitido, o Coxa era o 13.º e somava 19 pontos, nove a menos que atualmente.

Ficha técnica

Corinthians:Cássio; Léo Príncipe, Balbuena (Pedro Henrique), Pablo e Guilherme Arana; Camacho, Maycon, Rodriguinho, Jadson e Marquinhos Gabriel (Clayson); Kazim (Jô). Técnico: Fábio Carille.

Coritiba: Wilson; Léo, Cléber Reis, Werley e Thiago Carleto; João Paulo (Edinho), Alan Santos, Matheus Galdezani e Tiago Real; Rildo e Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira.

Arbitragem: Claudio Francisco Lima E Silva (SE), auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO).

Transmissão: Premiere.

Fique de olho

Henrique Almeida

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/10/11/Esportes/Imagens/Cortadas/Treino_Coritiba - MA_22-1977-kyxG-ID000002-1024x341@GP-Web.JPG
Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

O atacante de 26 anos tem a responsabilidade de ser o principal finalizador com as ausências de Alecsandro e Kléber. Mas ele não balança há seis jogos, desde a 16ª rodada, na derrota para o Flamengo, em 22 de julho.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE