Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

brasileirão

Com aproveitamento pior que Chamusca, Marcelo Oliveira busca reação no Coritiba

Técnico conseguiu apenas duas vitórias em 10 jogos e possui aproveitamento próximo de Péricles Chamusca e Celso Roth

  • Daniel Malucelli
Técnico conseguiu apenas duas vitórias em 10 jogos. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Técnico conseguiu apenas duas vitórias em 10 jogos. Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O Coritiba desafia o líder Corinthians, quarta-feira (11), às 21h, no Itaquerão, pela 27.ª rodada do Brasileirão, e leva a campo mais do que o 19.º lugar na tabela e sete jogos sem vencer na competição. O técnico Marcelo Oliveira soma outra marca negativa desde que retornou para o Alto da Glória.

O comandante de 62 anos soma apenas 30% de aproveitamento e apresenta o pior retrospecto de um treinador no clube desde Celso Roth, em 2014. Depois de dez jogos, Oliveira conquistou somente duas vitórias, três empates e já sofreu cinco derrotas.

TABELA: Veja a classificação e os jogos do Brasileirão

Os números atuais de Oliveira são muito próximos de Roth, demitido em 2014 com 29,4% de aproveitamento no Brasileirão. Péricles Chamusca, no ano anterior, também apresentou o mesmo rendimento e foi mandado embora depois de 11 jogos e somente 30,3% dos pontos conquistados.

Comentário de Carneiro Neto

Carregando o áudio...

O levantamento contempla apenas o desempenho de técnicos do Coxa no Brasileirão e com pelo menos 10 jogos à frente da equipe. Ou seja, não foram contabilizados o aproveitamento em partidas de outros torneios, como no Estadual.

Em 2012, o próprio Marcelo Oliveira foi demitido com eficiência próxima à atual quando deixou o cargo com 33% de aproveitamento em 22 jogos. O melhor de todos é Marquinhos Santos, que nos Nacionais de 2013 e 2014, obteve 54% e 50% de aproveitamento, respectivamente.

A queda brusca no Coritiba reflete na comparação com o antecessor Pachequinho, demitido na 15.ª rodada e com 42% de aproveitamento. Quando o ex-atacante e ídolo alviverde foi demitido, o Coxa era o 13.º e somava 19 pontos, nove a menos que atualmente.

Ficha técnica

Corinthians:Cássio; Léo Príncipe, Balbuena (Pedro Henrique), Pablo e Guilherme Arana; Camacho, Maycon, Rodriguinho, Jadson e Marquinhos Gabriel (Clayson); Kazim (Jô). Técnico: Fábio Carille.

Coritiba: Wilson; Léo, Cléber Reis, Werley e Thiago Carleto; João Paulo (Edinho), Alan Santos, Matheus Galdezani e Tiago Real; Rildo e Henrique Almeida. Técnico: Marcelo Oliveira.

Arbitragem: Claudio Francisco Lima E Silva (SE), auxiliado por Cleriston Clay Barreto Rios (SE) e Fabio Pereira (TO).

Transmissão: Premiere.

Fique de olho

Henrique Almeida

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/10/11/Esportes/Imagens/Cortadas/Treino_Coritiba - MA_22-1977-kyxG-ID000002-1024x341@GP-Web.JPG
Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

O atacante de 26 anos tem a responsabilidade de ser o principal finalizador com as ausências de Alecsandro e Kléber. Mas ele não balança há seis jogos, desde a 16ª rodada, na derrota para o Flamengo, em 22 de julho.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

  1.  |

    série B

    Veja matemática da briga ‘por última vaga’ na Séria A de 2018

  2.  | Jonathan Campos/Gazeta do Povo

    desabafo

    Autuori detona comportamento “intolerável” e “covarde” da torcida do Atlético

  3. Carlinhos foi preso em Goiânia. | Albari Rosa/Gazeta do Povo

    confusão

    Lateral ex-Coritiba é preso suspeito de dirigir embriagado

PUBLICIDADE