Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

brasileiro

Coxa perde pênalti e é derrotado pelo Flu no Couto

  • Fernando Rudnick
  • Atualizado em às
Henrique Almeida desperdiçou pênalti logo no começo do jogo. | Giuliano Gomes/Gazeta do Povo
Henrique Almeida desperdiçou pênalti logo no começo do jogo. Giuliano Gomes/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O Coritiba tinha tudo para terminar a 14.ª rodada no G6 do Brasileirão.

Era só vencer um Fluminense repleto de pratas da casa neste domingo (16), no Couto Pereira. Mas a gangorra coxa-branca continua. E a derrota por 2 a 1 – a segunda seguida da equipe dentro de seus domínios – mantém o time patinando no meio da tabela, lutando, acima de tudo, contra si mesmo.

Com o resultado, o Coxa fica na 12.ª colocação da Série A, com 19 pontos. Já o Fluminense sobe para a nona colocação, com 20.

TABELA: veja a classificação do Brasileirão

O jogo

Tudo começou com um pênalti desperdiçado por Henrique Almeida, logo aos 8 minutos de jogo. O atacante coxa-branca bateu por cima da meta de Julio César e jogou fora um roteiro de partida mais tranquilo.

Aliás, ficou difícil mesmo a partir dos 31 minutos, quando Richarlison abriu o placar com um chute no ângulo. E piorou apenas sete minutos depois. Desorganizada, a defesa do time da casa viu Léo arriscar da entrada da área para ampliar contando com o desvio na zaga.

GALERIA: confira imagens da partida no Couto Pereira

Com dois gols de desvantagem no placar, o Alviverde se lançou para frente, deixando ainda mais espaço para os cariocas contra-atacarem a dupla de zaga formada por Luizão e Thalisson Kelven – Walisson Maia saiu lesionado.

Mas a pressão deu resultado: após escanteio, Henrique Almeida se redimiu e, de carrinho, diminuiu o marcador. “Só erra pênalti quem bate, é algo normal. Estamos jogando bem. Sofremos gols, um deles de bola desviada,. Vamos virar o jogo no segundo tempo”, previu o camisa 99 no intervalo.

LANCE A LANCE: Veja como foi Coritiba x Fluminense

O Coritiba melhorou na etapa final, mas seguiu com dificuldade para chegar com perigo ao gol rival. Pachequinho primeiro trocou Rodrigo Ramos por Dodô e depois lançou Alecsandro no lugar de Neto Berola. Pouco mudou.

Cobrado pela torcida nos jogos anteriores, o filho do ídolo Lela teve uma ótima oportunidade de cabeça, mas parou em Júlio César. Depois disso, o Coxa, que não terá Kléber Gladiador (punido pelo STJD) até setembro, não teve força para se aproximar do empate.

Confira quem foram os destaques da partida:

Craque

Richarlison

Em um golaço, abriu o placar da partida e começou a colocar pressão nos donos da casa.

Bonde

Henrique Almeida

O atacante perdeu o pênalti que poderia mudar o roteiro do duelo. Compensou com um gol, mas mesmo assim seu erro foi fundamental para a derrota.

Guerreiro

Matheus Galdezani

Principal organizador da equipe, foi o responsável por criar as melhores jogadas do Coritiba.

Gols

1º tempo

0 x 1 ( 31 min) – Jogada pelo lado direito, Gustavo Scarpa cruza para o meio, Richarlison domina, gira e bate no ângulo para abrir o placar.

0 x 2 (38 min) – Léo bate fraco da entrada da área, a bola desvia, engana Wilson e entra devagar no fundo da rede coxa-branca.

1 x 2 (46 min) – Galdezani cobra escanteio à meia altura, a bola é desvia por Rildo e sobra para Henrique Almeida empurrar para o gol de carrinho.

Chave do jogo

A penalidade máxima desperdiçada no início da partida mudou a partida. Desconcentrou o Coxa, que não se recuperou dos dois gols tomados em apenas sete minutos.

Cartões

Amarelos: Matheus Galdezani, Henrique Almeida, Luizão e Alecsandro (C); Renato, Pedro, Lucas e Orejuela (F).

Próximos jogos:

Coritiba: Ponte Preta (fora); Flamengo (fora); Atlético-MG (casa)

Fluminense: Cruzeiro (casa); Corinthians (casa); Universidad de Quito (fora/Sul-Americana)

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE