Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

marketing

General Thiago Heleno vira ‘arma’ do Atlético na luta para atrair novos sócios

Clube espera contar com a confiança dos rubro-negros no zagueiro de 28 anos em campanha para convencer os torcedores a se associarem

  • Fernando Rudnick
Totem com a propaganda do Atlético estrelada pelo zagueiro Thiago Heleno. | Henry Milleo/Gazeta do Povo
Totem com a propaganda do Atlético estrelada pelo zagueiro Thiago Heleno. Henry Milleo/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

O zagueiro Thiago Heleno virou a cara do Atlético, literalmente, na mais recente campanha do clube para angariar sócios.

Sinônimo de raça e de marcação implacável dentro de campo, o General teve o rosto estampado em diversas plataformas do mobiliário urbano curitibano. Totens publicitários e pontos de ônibus, por exemplo, agora mostram a expressão séria do defensor adorado pela torcida. Praticamente uma convocação para que os atleticanos se associem.

TABELA: Confira a classificação e os jogos da Libertadores

“Ele é um atleta com identificação muito forte com o clube, tem o perfil do Atlético”, diz acreditar o presidente rubro-negro, Luiz Sallim Emed, esperançoso em resultados favoráveis. “O marketing foi muito feliz na escolha. O Weverton já teve algo parecido também. Certamente virão outras campanhas”, ressalta o dirigente.

A idolatria pelo camisa 44 é tão grande que nem parece que Thiago Heleno está no clube há pouco mais de um ano. Contratado em dezembro de 2015, quando deixou o Figueirense, foi emprestado ao Furacão pelo Deportivo Maldonado-URU por uma temporada.

O desempenho foi tão bom – comandou, ao lado de Paulo André, a defesa menos vazada da Séria A (32 gols sofridos) –, que ganhou a confiança total dos atleticanos. A ponto de a torcida iniciar uma campanha por sua permanência nesta temporada.

Após uma longa novela, o clube confirmou, no dia 12 de janeiro, o novo contrato com o mineiro de 28 anos até o fim de 2020. E para ficar com o jogador, recorreu a uma brecha no regulamento da Fifa.

A estratégia demorou a surtir efeito, já que o zagueiro perdeu os dois primeiros jogos da segunda fase da Libertadores, contra o colombiano Millonarios. Mas a espera valeu a pena. Na vitória sobre o San Lorenzo, na última quarta-feira (15), na Argentina, Thiago Heleno foi eleito o melhor jogador em campo.

LEIA mais notícias do Atlético

“Hoje o Thiago é um atleta muito querido pela torcida do Atlético”, ressalta o empresário Gilberto Brasil, que ouviu risadas quando pediu a camisa 4 para seu cliente assim que chegou ao CT do Caju pela primeira vez. O chileno Vilches era quem usava o número. Heleno acabou com a 44, mas hoje é, ao lado de Weverton, o principal garoto-propaganda do clube. “Na verdade não queríamos o espaço dos outros, mas sim uma chance para trabalhar e conseguir conquistar nosso espaço e assim está sendo feito”, garante o agente do General da Baixada.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE