Campeonato Paranaense

Fechar
PUBLICIDADE

Política

Banda B estuda recorrer à Justiça

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O veto ao jornalista Osmar Antônio, da Rádio Banda B, po­­derá ter desdobramentos judiciais nos próximos dias – o credenciamento dele para o Atletiba foi negado pelo Atlético. A justificativa apresentada pelo diretor de marketing do clube, Mauro Holzmann, em entrevista à Agência Estado, foi de que o repórter teria realizado “campanha aberta” a favor da chapa de oposição ao presidente Mario Celso Petraglia.

Por enquanto, a direção da emissora vai buscar os meios diplomáticos para que o veto seja cancelado. “Mesmo assim já tem um pessoal trabalhando uma ação”, comentou o diretor executivo da Banda B, Michel Micheleto. Sobre o motivo apresentado pelo Rubro-Negro, Micheleto afirmou que não houve privilégio à chapa liderada por Diogo Fadel Braz. “Estou muito tranquilo. Trans­­mitimos, inclusive, a posse do presidente”, fechou.

O Atlético, a partir de hoje, também passa a pedir credenciamento de imprensa para os treinos no CT do Caju. Procurado pela reportagem da Gazeta do Povo, Mauro Holzmann não atendeu às ligações.

A torcida organizada Ultras também está impedida de entrar caracterizada nos jogos com mando do clube, exatamente por não ter apoiado a chapa de Petraglia – o apoio foi da torcida Os Fanáticos. Todo o material da facção, como faixas e bandeiras, está proibido. “Já imaginávamos que aconteceria isso. Quem manda no Atlético decidiu isso, então não há nada a fazer”, lamentou o diretor da Ultras, Gabriel Barbosa.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais