Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Paraná Clube

Fechar
PUBLICIDADE

copa do brasil

Com aproveitamento de ‘campeão da Série B’, Paraná encara ASA fora de casa

Tricolor tem até o momento o melhor aproveitamento do ano entre as equipes que estão na Série B do futebol brasileiro

Técnico Wagner Lopes orienta os jogadores do Paraná. | Giuliano Gomes/Gazeta do Povo
Técnico Wagner Lopes orienta os jogadores do Paraná. Giuliano Gomes/Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O Paraná chega embalado para enfrentar o ASA no Alagoas, nesta quinta-feira (16), às 21h30, no jogo de ida da terceira fase da Copa do Brasil. O time da Vila Capanema venceu oito dos 12 jogos que fez no ano e, com um aproveitamento de 72,2%, ostenta o melhor desempenho da temporada entre todas as equipes da Série B do futebol nacional (veja o ranking completo).

Além de seguir vivo no torneio mata-mata, o Tricolor está perto da classificação na Primeira Liga e lidera o Paranaense. Os números animam a torcida que sonha com o acesso no final do ano, encerrando o martírio na Segundona que já dura dez anos.

TABELA: confira os resultados e o chaveamento da Copa do Brasil

Dentro do clube, porém, a empolgação está vetada. O técnico Wagner Lopes, os jogadores e a diretoria tem alinhado o discurso de que nada foi ganho e que é preciso manter os pés no chão.

“Nós continuamos humildes, comendo pelas beiradas. Não adianta nada começar bem o ano e terminar mal. É claro que a gente acredita muito no grupo e na diretoria. O presidente tem cumprido com as obrigações, mas vamos continuar trabalhando, deixando o favoritismo para outros clubes”, destaca Lopes.

FICHA TÉCNICA: veja como entrarão em campo Asa e Paraná

O mau exemplo vem da temporada passada. O Paraná emendou cinco vitórias nas cinco primeiras rodadas do Estadual de 2016, o que criou uma falsa expectativa. A temporada terminou de forma deprimente, com o clube amargando a pior campanha de sua história na Série B.

O adversário desta quinta é considerado perigoso. O ASA eliminou o Coritiba em pleno Couto Pereira na fase anterior da competição e agora jogará dentro dos seus domínios, no Estádio Municipal de Arapiraca.

“Vai estar muito quente, a altura da grama é diferente do que a gente está acostumado e são muitas horas de voo. Não podemos achar que vai ser fácil, nem em Arapiraca e nem na Vila. Precisamos ter calma e saber duelar”, alerta o técnico paranista.

A missão tricolor é buscar um bom resultado visando o jogo de volta, na semana que vem, na Vila Capanema. O time terá de superar a ausência do meia Renatinho, suspenso. Jonas Pessalli deve ser o substituto. No comando do ataque, Ítalo ganhará mais uma chance, apesar de ter balançado a rede apenas uma vez na temporada. “Ele tem nos ajudado muito em todos os momentos, tem sido guerreiro e batalhado bastante. Atacante precisa fazer gols, mas não tenho duvida de que ele vai começar a marcar”, defende Lopes.

Confira o ranking de aproveitamento dos times da Série B em 2017:

***

FICHA TÉCNICA:

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2017/03/15/Esportes/Imagens/Cortadas/ASA X PARANA-keGH-U201691530901TtD-1024x1093@GP-Web.png

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais