Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Basquete

Londrina confirma tentativa de trazer Leandrinho

O diretor Eduardo Leitinho disse que houve um contato do armador, do Phoenix Suns, com o técnico Enio Vecchi. Jogador teria se colocado à disposição para reforçar o Campos do Conde nos playoffs finais do NBB. Leia no blog extracampo

  • Diogo Prazeres, Jornal de Londrina
O armador Leandrinho, do Phoenix Suns, estreita os laços com o time de basquete de Londrina |
O armador Leandrinho, do Phoenix Suns, estreita os laços com o time de basquete de Londrina
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Já pensou um astro da NBA jogando por Londrina nos playoffs do Novo Basquete Brasil (NBB)? O que soaria como um absurdo, um devaneio, uma notícia plantada para atrair mídia, pode ter chegado próximo de um fato realmente extraordinário. Mas que não vai acontecer.

O diretor do Campos do Conde, Eduardo Leitinho, confirmou que houve um contato do armador Leandrinho, do Phoenix Suns, com o técnico Enio Vecchi dia desses. E que o jogador teria se colocado à disposição para reforçar o Campos do Conde nos playoffs finais do NBB – isso, claro, se o Londrina chegar lá. De graça, na base da camaradagem. No período de disputa da reta final, Leandrinho estará de férias na NBA. Leia blog extracampo!

Seria uma forma do astro retribuir a gratidão de Enio Vecchi com a família dele. É que o técnico do Conde topou colocar o sobrinho de Leandrinho, Eduardo Barbosa, de 17 anos, no elenco da equipe que disputa o NBB. Foi um pedido do tio e do pai do garoto. Isso foi notícia na cidade no início do ano, inclusive aqui no JL.

Eduardo nunca jogou profissionalmente. O Londrina é o primeiro passo importante dele na carreira. Daí a disposição do Leandrinho em dar uma força quando o time precisasse. E que força hein. Só que a Liga Nacional de Basquete (LNB), organizadora do NBB, avisou que não será possível a realização desse sonho para os amantes do basquete em Londrina (e eles são muitos).

Segundo o Leitinho, um diretor da LNB achou a ideia “maravilhosa”, já que a simples presença de um astro da NBA no campeonato nacional daria um retorno de mídia espetacular. Mas o problema é que o prazo para inscrição de novos jogadores terminou e a Liga não poderia abrir um precedente dessa envergadura para uma equipe só. Seria injusto. Eu diria mais. Seria uma covardia. Que pena.

***

E a diretoria do Campos do Conde já está tratando de capitalizar essa história toda. Diz que a manifestação de Leandrinho é uma demonstração de que ele acredita no projeto da Associação Desportiva Londrinense, que é quem administra o nosso basquete no NBB. Uma clara resposta às críticas da imprensa local aos constantes atrasos salariais de jogadores e comissão técnica.

Como diria o outro, uma coisa é uma coisa, outra coisa é outra coisa. Me parece factível que há sim um problema de má gestão por parte da ADL. E que esse problema chegou a afetar diretamente o comportamento do time dentro de quadra – ainda que não justifique, por si só, seis derrotas seguidas, algumas por placares constrangedores. De qualquer forma, a promessa da diretoria é de que a partir deste mês os ventos serão outros. Tomara.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE