Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

mma

Acompanhe o retorno de Anderson Silva ao octógono do UFC

 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Matéria sobre a luta e também da coletiva de imprensa. Obrigado!

Compartilhe

Muito obrigado para quem acompanhou conosco. Fique ligado que logo mais teremos matéria no site.

Compartilhe

Resumindo: Anderson achou que havia vencido a luta no terceiro round.

Compartilhe

Silva: Eu preciso agradecer a todo mundo que veio. Estou muito feliz por voltar a Londres depois de tanto tempo. Ah, obrigado ao meu time. Brasil... A parada é a seguinte. Não tem como vencer de um jeito, eles tiram do outro. Não tem nada para falar. Missão dada, missão cumprida, mas às vezes é como no Brasil. Corrupção total.

Compartilhe

Bisping: Eu adoro esse cara. Sei que disse algumas coisa, mas o Anderson me inspirou.

Compartilhe

Ele agradece à família e à torcida enquanto chora.

Compartilhe

Bisping: Queria essa luta minha vida inteira.

Compartilhe

Falta pouco mais de 1 minuto. Bisping tenta levar para baixo.

Compartilhe

Anderson abaixa a guarda e tenta achar o momento certo.

Compartilhe

Anderson acerta um lindo chute e parte para cima.

Compartilhe

O juiz pede a intervenção médica para ver o rosto de Bisping.

Compartilhe

Precisa de um nocaute ou finalização. Começa bem com um chute alto.

Compartilhe

Grande uppercut de Silva no finalzinho, seguido por um superman punch.

Compartilhe

Parece que Anderson acredita que pode terminar a luta a qualquer momento.

Compartilhe

Valendo novamente. Faltando 1 minuto para o fim do quarto round.

Compartilhe

Luta parada porque Bisping acertou o dedo no olho do brasileiro.

Compartilhe

Bisping vai para cima de Anderson, mas não tem poder de nocaute.

Compartilhe

Anderson acerta golpe baixo. A luta parou, mas agora está de volta.

Compartilhe

Anderson deixou Bisping no chão e o gongo soou.

Compartilhe

Anderson vai para cima e deixa Bisping grogue.

Compartilhe

Pouca efetividade de Anderson, mas a qualquer momento ele pode acabar com a luta.

Compartilhe

Corner do brasileiro pede para ele buscar a luta.

Compartilhe

Anderson tem 26 golpes significativos até aqui. 41 para Bisping.

Compartilhe
Fernando Rudnick
.

Bisping novamente inicia indo para cima do brasileiro.

Compartilhe

O golpe deu a vantagem para o inglês no round.

Compartilhe

Anderson chega a não olhar para Bisping, finge estar ouvindo seu corner.

Compartilhe

Anderson dança na frente do adversário agora.

Compartilhe

Faltam três minutos para o fim do round e Anderson está ficando mais confortável.

Compartilhe

Técnico Luiz Dórea pediu para Spider não ficar nas grades.

Compartilhe

Anderson desdenha dos chutes do inglês e vai para cima no fim do round.

Compartilhe

Anderson solta boa sequência agora e encurrala Bisping.

Compartilhe

Spider solta chute no joelho do inglês, que responde com chute alto.

Compartilhe

O corner do Spider pede atenção com a guarda.

Compartilhe

Está valendo! Bisping inicia tentando chutar alto e Anderson roda no ringue.

Compartilhe

Bisping é apresentado entre aplausos e vaias da torcida inglesa.

Compartilhe

A última vez que Anderson venceu por nocaute foi em 2012, no Rio, quando lutou contra Stephan Bonnar entre os meio-pesados.

Compartilhe

Bisping entrano octógono ao som da banda inglesa Blur.

Compartilhe

E o curitibano acredita que pode ser campeão de novo. O dono do cinturão hoje é o americano Luke Rockhold.

Compartilhe

Agora, Spider tenta recomeçar sua carreira contra Bisping.

Compartilhe

Nos testes antidoping, antes e depois do combate, foram detectados em seu organismo os esteroides anabolizantes drostanolona e androsterona–drogas sintéticas que imitam o efeito da testosterona e ajudam, por exemplo, na recuperação e aumento da massa muscular. O brasileiro se defendeu alegando que tomou um estimulante sexual contaminado, mas acabou punido pela Comissão Atlética de Nevada com um ano de suspensão, pena máxima na época.

Compartilhe
Fernando Rudnick
.

Primeiro, o lutador radicado em Curitiba perdeu o cinturão dos médios (até 84 kg) do UFC ao ser nocauteado – pela primeira vez na carreira – pelo americano Chris Weidman em julho de 2013. Em dezembro do mesmo ano, na revanche, fraturou a perna esquerda, que precisou ser operada.
Após cogitar a aposentadoria, o Spider voltou ao octógono em apenas 13 meses para derrotar o fantasma da perna quebrada e o americano Nick Diaz, por decisão unânime. Logo depois de ressurgir pela segunda vez, contudo, caiu novamente.

Compartilhe

Você se lembra da sequência de fatos que mudaram a carreira de Anderson Silva?

Compartilhe

Uma CURIOSIDADE. UFC Fight Night 64 teve todos os ingressos vendidos antes mesmo da entrada do Spider no card.

Compartilhe

Mousasi era o adversário original de Bisping para este evento em Londres, mas aí apareceu Anderson Silva e 'tomou' seu lugar no card.

Compartilhe

Acaba o combate. Mousasi vai vencer por decisão unânime.

Compartilhe

Mousasi está na guarda do brasileiro, só esperando o fim da luta.

Compartilhe

Até aqui, 86 golpes significativos para Mousasi e 19 (!!!) para Thales.

Compartilhe

Mousasi tem a vitória nas mãos. Thales vai com tudo para tentar nocautear.

Compartilhe

Fim de round. Vitória clara do holandês, que não quis o jogo de chão.

Compartilhe

Mousasi domina o round até aqui e faz estrago com os jabs. Brasileiro já tem corte no supercílio.

Compartilhe

Técnico do brasileiro, Dedé Pederneiras, admitiu que o adversário vendeu o assalto.

Compartilhe

Thales puxou para a guarda novamente, mas o holandês não quis saber.

Compartilhe

Thales tenta derrubar Mousasi. E agora puxou para a guarda, mas o holandês/iraniano se levantou.

Compartilhe

O duelo é válido pelos médios (até 84 kg). Vai começar.

Compartilhe

Thales tem 34 anos e é da academia Nova União, a mesma de José Aldo e Renan Barão. Em 2009, no UFC 97, ele disputou o cinturão dos médios contra Anderson Silva. Perdeu por decisão.

Compartilhe

Agora tem brasileiro no octógono! O carioca Thales Leites enfrenta Gegard Mousasi.

Compartilhe

Breese venceu por decisão unânime, mas não ficou contente não. Ele até pediu desculpas pela performance ruim.

Compartilhe

Fim do round e da luta. Breese tentou um triângulo invertido, mas o japonês se segurou.

Compartilhe

Nakamura acabou o assalto por cima, com vantagem.

Compartilhe

Breese continua dominando e tentando usar o ground and pound.

Compartilhe

O japonês derrubou logo no começo do 2º round.

Compartilhe

Nakamura acerta um ótimo cruzado no inglês.

Compartilhe

Luta fica no clinch durante a maior parte do tempo.

Compartilhe

A próxima luta é entre o japonês Keita Nakamura e o inglês Tom Breese.

Compartilhe

Pickett leva por decisão dividida e comemora muito!

Compartilhe

Acaba a luta. Decisão daqui a pouco. Meu palpite é Rivera.

Compartilhe

Pickett leva a luta para o chão no segundo round, mas Rivera consegue se levantar.

Compartilhe

Fim de round eletrizante, com ambos os lutadores trocando socos francamente.

Compartilhe

Rivera melhor na luta. Consegue um knockdown faltando pouco mais de dois minutos para o fim do primeiro round.

Compartilhe

A próxima luta é entre o inglês Brad Pickett e o americano Francisco Rivera, pelos galos.

Compartilhe

O card preliminar terminou há pouco. Foram nove lutas para 'aquecer' a O2 Arena, em Londres.

Compartilhe

Teremos três combates antes de Anderson Silva x Michael Bisping.

Compartilhe
Fernando Rudnick
.

UFC FIGHT NIGHT 84

Boa noite, pessoal! Começa agora a nossa transmissão em tempo real do retorno de Anderson Silva ao octógono do UFC.

Compartilhe

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE