Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

transferências

Mercado da bola 2018: o vai e vem nos principais clubes brasileiros

  • Gazeta do Povo
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Veja abaixo as principais contratações e vendas dos clubes brasileiros para a temporada de 2018. Você pode filtrar o vai e vem do mercado por time ou por status da negociação.

O monitoramento é feito em tempo real e leva em consideração a confirmação do clube para decretar a contratação de forma oficial.

A seleção do gráfico abaixo pode ser por clube ou status da negociação.

>> Sorteio Copa Sul-Americana 2018: clubes e grupos atualizados ao vivo

>> Sorteio Libertadores 2018: clubes e grupos atualizados ao vivo

***

O mercado da bola está fervendo neste mês de dezembro e selecionamos 10 opções de jogadores considerados mais acessíveis financeiramente e que podem reforçar os clubes sem investimentos milionários. Confira a lista.

Renatinho – Paraná

O meia de 25 anos foi o destaque do acesso do Paraná na Série B. Na temporada, ele balançou as redes 18 vezes. O jogador pertence ao Mirassol. O Tricolor paranaense quer a permanência do atleta, mas esbarra na concorrência de clubes do exterior e sondagens de outras equipes da Série A.

Artur – Palmeiras

O jovem atacante de 19 anos se destacou pelo Londrina, campeão da Primeira Liga e 5º colocado na Série B. A promessa tem vínculo com o Palmeiras e retornou ao Palestra Itália. Mas com a concorrência pesada no estrelado elenco alviverde, há a possibilidade do jogador ser emprestado novamente.

Rodrigão – Santos

O atacante de 24 anos está encostado no Santos e deve ser negociado. Ele se destacou em 2016, quando foi o principal goleador do país na temporada. No Brasileiro deste, atuou pelo Bahia e fez cinco gols em 14 jogos. Porém, o jogador foi dispensado ter um vídeo vazado em que ele apareceu bebendo cerveja às vésperas do clássico frente ao Vitória.

Arthur Caíke – Chapecoense

Apesar de ter sido comprado em definitivo pela Chape em outubro, o atacante de 25 anos não é considerado um jogador caro no mercado. No Brasileirão, ele anotou oito gols na campanha que levou o clube catarinense à Libertadores. Desta lista, é quem tem a negociação mais complexa justamente por ter ampliado o vínculo recentemente com o time de Chapecó.

Rildo – Coritiba

O atacante teve seu contrato encerrado com o Coritiba e não ficará no Alto da Glória. Bahia e Botafogo surgem como interessados. No Brasileirão, ele anotou seis gols e recuperou a forma física após duas temporadas em que sofreu muito com as lesões. No Nacional, também foi o segundo atleta que mais sofreu faltas ao longo da competição.

Iago Maidana – Paraná

O zagueiro de 21 anos tem contrato com o São Paulo prestes a vencer (até maio de 2018) e está sendo disputado por Paraná e Bahia. Com 1,95 m, o defensor tem o jogo aéreo como ponto forte. Na Segundona, ele balançou as redes cinco vezes. No São Paulo, a polêmica transação que derrubou o presidente Carlos Miguel Aidar ainda repercute nos bastidores e dificulta um possível retorno do atleta ao Morumbi.

Edson – Bahia

O volante de 26 anos teve uma temporada regular no Bahia. Foi um dos principais ladrões de bola do Brasileirão. Ele está emprestado pelo Fluminense e não é um jogador com ‘grife’ no mercado. É uma boa opção para equipes que buscam um ‘cão de guarda’ no meio de campo.

Renato Cajá – sem clube

O meia de 33 anos teve uma temporada apagada na Ponte Preta. A Macaca foi rebaixada para a Série B e Cajá acabou dispensado. Pode ser útil para compor elenco ou ser titular em equipes que disputam a Segundona.

Léo Gamalho – sem clube

O atacante de 31 anos foi mais um do ‘pacotão’ de dispensados da Ponte Preta no final do ano. Nesta temporada, ele jogou em Campinas e também no Goiás. Sem clube, o jogador é uma opção para quem busca um centroavante bom no jogo aéreo.

César – Londrina

O goleiro de 22 anos foi o destaque do título do Londrina na Primeira Liga. Ele defendeu cinco pênaltis somando as atuações na semifinal e na decisão que deu o caneco ao Tubarão. César foi especulado no Palmeiras, mas até o momento a transação não se concretizou. Tem contrato até 2020 no LEC.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE