Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

série b

Com alterações na equipe, técnico exalta recuperação do Paraná na Série B

Sob o comando de Matheus Costa, o Tricolor tem 62,5% de aproveitamento com nove vitórias, um empate e cinco derrotas

  • Daniel Malucelli
Matheus Costa fez duas mexidas importantes no Tricolor. | Albari Rosa/Gazeta do Povo
Matheus Costa fez duas mexidas importantes no Tricolor. Albari Rosa/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

As mudanças do técnico Matheus Costa diante do Luverdense foram determinantes para o Paraná voltar a vencer na Série B. O treinador de apenas 30 anos mostrou atitude para tirar o atacante Alemão, vice-artilheiro da equipe com sete gols na competição.

Vitor Feijão entrou no ataque e foi decisivo para o triunfo. Além de marcar o primeiro gol, roubou a bola que iniciou a jogada do segundo tento paranista anotado por Robson. “Quero agradecer o Matheus por estar me dando a oportunidade. Fico feliz de poder ajudar nesse momento”, agradece o prata da casa.

TABELA: Veja a classificação e os jogos da Série B

Além de Alemão, o lateral-esquerdo Igor também foi para o banco de reservas por opção do técnico. O zagueiro Rayan entrou improvisado e reforçou com qualidade a marcação que foi ineficiente nas derrotas para Oeste e Brasil-RS.

“O Luverdense gosta de propor o jogo e sabíamos que eles iriam dar espaço quando tivessem a bola. Tínhamos que ter jogadores para agredir mais”, explica Costa. “Já o Rayan estava treinando muito bem. Ele é um jogador muito difícil de ser ultrapassado. Ele tem agressividade para marcar e também tem qualidade. Estava merecendo essa chance”, elogia o comandante.

Veja a coletiva do técnico Matheus Costa

A queda de rendimento da equipe havia sido alvo de cobranças de Matheus Costa e o técnico prometeu mudanças. Sob o seu comando, o Tricolor tem 62,5% de aproveitamento com nove vitórias, um empate e cinco derrotas.

A tendência é que Rayan e Vitor Feijão permaneçam na equipe para o confronto frente ao Santa Cruz, terça-feira (14), às 21h30, no Arruda. Quem também pode aparecer na escalação inicial é o volante Leandro Vilela, que está recuperado de uma lesão muscular que o afastou por 42 dias.

“O Vilela estava sofrendo vendo todos esses jogos e querendo ajudar a equipe. Temos que tomar um pouco de cuidado também. Foram mais de 40 dias fora. Então vamos ter cautela”, afirma Costa.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE