Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

paranaense

Eliminado, Paraná vê jogo contra o Rio Branco como fundamental para ganhar a confiança da torcida

  • Fernando Rudnick
Paraná treinou nessa terça-feira no Ninho da Gralha | Daniel Caron/Gazeta do Povo
Paraná treinou nessa terça-feira no Ninho da Gralha Daniel Caron/Gazeta do Povo
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Em teoria, o jogo entre Rio Branco e Paraná, nesta quarta-feira (14), às 21h45, em Ponta Grossa, vale pouco para o Tricolor. Com apenas cinco pontos somados em cinco jogos, a equipe do técnico Wagner Lopes chega à última rodada do primeiro turno do Paranaense já sem chances matemáticas de se classificar para a semifinal da Taça Dionísio Filho.

Mas, após conquistar a primeira vitória de 2018 no último sábado (10), com um 3 a 0 no Prudentópolis, o treinador analisa o duelo com uma importância além do óbvio. É mais do que um “treino de luxo” para a partida contra o Sampaio Corrêa (22/3), pela Copa do Brasil, por exemplo.

>> TABELA PARANAENSE 2018: confira a classificação e os próximos jogos

“Temos muita coisa em jogo internamente falando. Ter uma boa atuação significa que o teu rendimento está melhorando e é muito importante fazer uma boa partida, não só para adquirir moral, como a confiança do nosso torcedor”, prega Lopes, que terá sete dias de preparação até o jogo eliminatório no Maranhão.

“Vejo essa partida contra o Rio Branco como de muita importância para reafirmar o que nós fizemos no último jogo. Então, acho que temos que respeitar o adversário e fazer o nosso melhor sempre para buscar a vitória”, frisou o comandante. Vetado pelo departamento médico, Lucas Fernandes é desfalque certo.

Técnico do Leão da Estradinha, Maurílio Silva prevê um jogo difícil contra o Paraná. Mesmo sem chance de classificação, ele acredita que o Tricolor não entrará desmotivado no gramado do Germano Krüger – o jogo foi alterado para Ponta Grossa porque a Estradinha, casa do Rio Branco, não tem iluminação artificial.

“Nós ainda temos esperança [de classificação] e jogamos sabendo que precisamos de outros resultados. Lógico que enfrentamos uma equipe que ainda está se estruturando e, mesmo que não tenham mais chance, sempre vão buscar a afirmação, vão jogar para ganhar”, acredita o treinador e ex-jogador do Tricolor.

Ficha técnica:

Rio Branco: Jhones; Raul, Thiago, Victor Matheus e Thiago Almeida; Marco Tulio, Luiz Henrique, Vinicius Cunha e Tharlles; Rodrigo Jesus e Eric. Técnico: Maurílio Silva.

Paraná: Thiago Rodrigues; Alemão, Charles, Neris e Mansur; Leandro Vilela, Zezinho e Matheus Pereira; João Paulo, Diego Gonçalves e Thiago Santos. Técnico: Wagner Diniz.

Arbitragem: Elvio legnani, auxiliado por Alessandro Gonçalves e Giovani Massoquetto.

Estádio: Germano Krüger, em Ponta Grossa.

Lance a lance na Gazeta do Povo. Não há transmissão na TV.

Fique de olho

/ra/pequena/Pub/GP/p4/2018/02/14/Esportes/Imagens/Cortadas/Parana_X_Prudentópolis - MA - 19-1476-krX-ID000002-1024x341@GP-Web.jpg
Marcelo Andrade/Gazeta do Povo

Thiago Santos

Depois de marcar em sua estreia como titular no Paraná, o atacante Thiago Santos segue na equipe contra o Rio Branco. O jogador de 27 anos, aliás, pretende se firmar na posição.

“Em todo clube que chego, chego para fazer gol, minha função é fazer gol. Todo atacante fica um pouco chateado quando não sai, então estou me cobrando bastante nos treinamentos para me aperfeiçoar o máximo possível”, garante.

VEJA TAMBÉM:

>> COPA DO BRASIL: confira o chaveamento completo do torneio

>> BRASILEIRÃO 2018: veja a tabela completa da Série A

>> SÉRIE B: confira a tabela completa da Segundona

>> LIBERTADORES: veja como ficaram os grupos e os duelos da fase preliminar

>> COPA SUL-AMERICANA: veja todos os confrontos do mata-mata continental

>> MERCADO DA BOLA: acompanhe o vai e vem de atletas nos principais clubes brasileiros

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Esportes

PUBLICIDADE