PUBLICIDADE

Conheça o novo e monumental aeroporto de Pequim com arquitetura futurista

Assinado pelo badalado escritório da arquiteta Zaha Hadid, o aeroporto internacional de Pequim deve ser inaugurado em 2019

A projeção mostra como o aeroporto deve ficar quando estiver pronto. Os seis terminais estão unidos por uma mesma estrutura central. Imagem: Zaha Hadis Architects/Divulgação

por HAUS

01/08/2017

Com projeto do Zaha Hadid Architects, o novo aeroporto internacional de Pequim tem arquitetura arrojada e deve começar a funcionar em 2019.

Segundo o escritório, o design foi desenvolvido de forma compacta para facilitar o trânsito entre o local do check-in e os portões de embarque. Também foi levada em conta a distância entre portões para transferência de passageiros. Esses são desafios significativos, considerando-se que a estrutura total do aeroporto é de 313 mil m². Para cumprir com esses objetivos, as distâncias internas do terminal foram cuidadosamente pensadas.

Por dentro, a arquitetura fluida do aeroporto permite a entrada de luz natural. Imagem: Zaha Hadis Architects/Divulgação

Por dentro, a arquitetura fluida do projeto permite a entrada de luz natural. Imagem: Zaha Hadis Architects/Divulgação

Toda a arquitetura do local converge para um ponto central. São seis “asas” que se conectam por meio desse ponto e têm, cada uma, apenas 600 m de comprimento. Esse tipo de estrutura foi escolhido porque resgata princípios da arquitetura chinesa tradicional. “As curvas parabólicas fluem a partir do telhado abobadado do terminal até o solo para suportar a estrutura e trazer luz natural para dentro do aeroporto, dirigindo todos os passageiros para o pátio central”, detalha o escritório.

Unir todos os terminais em uma só construção também foi uma forma de diminuir o impacto ambiental do aeroporto. Dessa forma, não serão necessários trens e ônibus para levar os passageiros de um terminal a outro. O projeto foi lançado em 2015 e deve atender a 72 milhões de passageiros por ano, inicialmente. Mas o design criado pelos profissionais do Zaha Hadid Architects vai além. Ele permite uma expansão de uso para até 100 milhões de passageiros anuais e quatro milhões de voos de carga. Os números devem fazer dele um dos principais aeroportos do mundo. O próprio escritório o aponta como fundamental para o desenvolvimento econômico da província de Hebei.

Algumas pessoas apontaram semelhanças entre a arquitetura escolhida pelo escritório e uma fênix com as asas abertas. Imagem: Zaha Hadis Architects/Divulgação

Algumas pessoas apontaram semelhanças entre a arquitetura escolhida pelo escritório e uma fênix com as asas abertas. Imagem: Zaha Hadis Architects/Divulgação

LEIA TAMBÉM:

São Paulo vai transformar aeroporto em parque municipal

Novo aeroporto de Cingapura vai abrigar a maior cachoeira artificial do mundo

Inspirado em projeto nazista, aeroporto de Curitiba foi criado para ser base aérea dos EUA

PUBLICIDADE