PUBLICIDADE

Morre aos 88 anos grande nome da arquitetura britânica

Expoente da arquitetura social, o arquiteto norte-americano Neave Brown foi recém laureado com a Medalha de Ouro do Instituto Real de Arquitetos Britânicos

Foto: Garath Gardner/Riba/Divulgação

por HAUS

13/01/2018

Considerado o pai da habitação social britânica, o arquiteto norte-americano Neave Brown, que fez a carreira do outro lado do oceano, morreu aos 88 anos no último dia 9 vítima de câncer. Os melhores projetos de arquitetura social dos últimos 50 anos na terra da rainha foram criados por ele, o que lhe rendeu a Medalha Real de Ouro de 2018, entregue pelo Instituto Real de Arquitetos Britânicos (Riba), considerado o maior prêmio inglês de arquitetura.

neave-brown-morre-medalha-ouro-riba-2018-3

Foto: Riba 2018/Divulgação

A vida inteira Brown defendeu a ideia de uma habitação social que valorize a rua, com casas, em detrimento da hoje tão popular verticalização. Sua obra prima é o conjunto Alexandra Road, no noroeste de Londres, na Inglaterra, finalizado em 1968.

As unidades sobrepostas como terraços foram visionárias para a época, pois providenciaram habitação para 500 famílias e abrigaram ainda lojas, escolas e hospitais ao redor de sua área pública. Para o arquiteto, todo mundo deveria ter sua porta de casa se abrindo para uma rede de caminhos e ruas que formam a cidade, bem como um espaço externo com vista para o céu.

neave-brown-morre-medalha-ouro-riba-2018-2

Foto: Garath Gardner/Riba/Divulgação

De acordo com o presidente do Riba, Ben Derbyshire, “a arquitetura perdeu um gigante”. Neave foi um pioneiro que “nos mostrou como rigor intelectual, um urbanismo sensível, capacidade de projetar e determinação podem transformam o bem estar de comunidades”, sentenciou o inglês.

Apesar de sua importância, nas décadas de 1970 e 1980, ele foi esquecido pelos ingleses devido à reação política contra o welfare state (estado de bem-estar social). Conseguiu sobreviver graças a alguns projetos na Europa e somente agora foi reconhecido como deveria.

LEIA TAMBÉM

PUBLICIDADE