PUBLICIDADE

Mesas para o centro (das atenções)

De formas orgânicas ou retas, remetendo a décadas passadas ou ao futuro, arquitetos indicam peças para todos os gostos

Divulgação

por Aline Baroni, especial para a Gazeta do Povo

31/05/2012

Mesa de canto, mesa de apoio, mesinha. Nenhum desses nomes faz juz à importância que o móvel tem na decoração de um ambiente. De coadjuvante, não tem nada. Arquitetos e designers de Curitiba elegeram suas mesas laterais favoritas, capazes de levantar até a decoração mais sem graça.

Mesas laterais para todos os gostos


<b>1. </b>Efeito zebrado na poltrona Niko, da Momentum & Design. R$ 2.840, o modelo giratório, e R$ 1.760 a fixa
Guaiamu: Formado em desenho industrial, Pedro Mendes começou sua carreira com um escritório de projetos de mobiliário, mais tarde montou uma marcenaria que fabricava suas próprias peças e hoje é um dos designers de móveis de mais reconhecidos no Brasil. O motivo do sucesso é o trabalho com materiais certificados e ecologicamente corretos – a mesa Guaiamu é um exemplo. A escolha é da arquiteta Silmara Pimpão (foto): “É uma mesa elegante e de muita personalidade. Ela tem um movimento harmônico em curvas formando os pés, o que a torna uma peça nada convencional”.
• Momentum&Design, Rua Des. Costa Carvalho, 208, Batel, fone (41) 3242-2920. Preço: R$ 4.172

<b>2. </b>Tapete em pelo natural de vaca preto e branco. Da Desmobília, a R$ 990
T Table: A mesa T Table é o xodó dos arquitetos André Largura e Giovana Kimak (foto). “É uma peça que transmite leveza e elegância, é escultórica e tem linguagem única”, avalia Largura. Ela é resultado de pesquisas tanto de Patrícia Urquiola, um dos expoentes do design de móveis atualmente, quanto da fabricante Kartell, com o objetivo de desenvolver superfícies inovadoras e com efeitos visuais diversos. Dá para dizer que atingiram em cheio o propósito, criando uma peça elegante, feminina e poética.
• Kraft, Av. do Batel, 1.114, Batel, fone (41) 3233-4134. Preço: R$ 990

<b>3. </b>Croco e madeira na escrivaninha Madison, da Coleção Manhattan: corpo em madeira maciça, puxadores em couro legítimo, tampos e gavetas revestidos em recouro. R$ 4.181, na Vila Sierra Interiores
Dry: Inspirada na Coffee Table, dos designers Charles e Ray Eames, a mesa Dry remete ao contexto histórico dos anos 1940. O desenho original foi criado a partir de pesquisas tecnológicas dos Eames, garantindo sua funcionalidade, assim como resistência e um visual moderno. A sugestão é da arquiteta Josianne Madalosso (foto), que indica fazer uma composição: “São mesinhas com diamêtros, alturas e materiais diferentes. Combinadas, têm um efeito encantador, além da praticidade de mover e compor de várias maneiras em outros cantos ou centros do espaço.”
• Momentum&Design, Rua Des. Costa Carvalho, 208, Batel, fone (41) 3242-2920. Preço: a partir de R$ 1.078 (diversos acabamentos e tamanhos)

<b>5. </b>Que tal um chocolate quente cheio de estilo? A caneca quartier da Biona Cerâmica tem estampa de oncinha. R$ 13,40, no Hipermercado Condor
Fischer: Feita em aço inox e vidro, a mesa Fischer é um lançamento da Artefacto. O desenho é atemporal e as linhas são simples e minimalistas. “Esta peça pode ser usada tanto em uma decoração mais clássica quando em um ambiente contemporâneo”, comenta a dupla de arquitetos Leonardo Müller e Luize Busse (foto), do escritório Archetectonica.
• Artefacto, R. Comendador Araújo, 672, Batel, fone (41) 3111-2300. Preço: R$ 5.802 com tampo Diamond Guardian

<b>4. </b>Vai dar zebra no jantar com este jogo da Biona Cerâmica, à venda no Hipermercado Condor. R$ 127,50 o conjunto com 20 peças, e R$ 192,10 o conjunto de 30 peças
Paleta: A mesa Paleta, da Oppa, não poderia ser mais prática: além de versátil e funcional por sua forma simples, ainda é vendida pela internet. As operações da marca no sul do Brasil começaram em abril. Feita inteiramente em madeira pinus, é produzida em três opções de cores: branca, amarela e vermelha. “Considero essa mesa um curinga: pode ser usada em vários ambientes como dormitório, sala, home office”, comenta a arquiteta Fernanda Bastos (foto). O preço também é bastante atrativo.
• www.oppa.com.br. Preço: R$ 289

<b>6. </b>A pá de lixo da Laris torna divertida a tarefa da limpeza. R$ 32
La Bohème: A peça eleita pela dupla de arquitetos Edgard Corsi e Ana Carolina Boscardin (foto) é a La Bohème, produzida pela Kartell: “Ela é a nossa preferida por sua versatilidade. É um banco e, ao mesmo tempo, mesa lateral e objeto assinado”. A mesa já conquistou espaço como obra de arte por ser assinada pelo designer parisiense Philippe Starck, um dos mais famosos da atualidade. A peça expressa qualidades conhecidas das criações de Starck: leveza e contemporaneidade.
• Kraft, Av. do Batel, 1.114, Batel, fone (41) 3233-4134. Preço: R$ 744

<b>7. </b>Design de ponta e estampa de vaca, na cadeira Butterfly da Ton Sur Ton. R$ 3.530
Marie: Essa mesa-baú de linhas retas, desenho e materiais contemporâneos é a escolha das arquitetas Belisa e Rosi Guelmann (foto). Feita em madeira e tampo de vidro, ela tem ainda a opção de um baú para ser encaixado embaixo de sua estrutura. “É possível, ainda, separar as peças e usá-las como duas mesa auxiliares”, afirma Belisa, ressaltando a versatilidade. “Uma ótima opção para deixar sempre à mão mantas e cobertores nas salas de home theater, para os dias de inverno que se aproximam”, indicam.
• Ton Sur Ton, Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1.285, Batel, fone (41) 3224-6660. Preço: R$ 3.913 (mesa + bandeja); R$ 3.533 (baú)

<b>8.  </b>Para aquecer as aventuras na selva. Da Zelo, R$ 69,90 – o cobertor e R$ 22,90 a almofada
Besa Me Mucho: A designer paraibana Jacqueline Terpins, especialista no tratamento e criações em vidro e cristal, assina a mesa Besa Me Mucho. Ela manipulou o Corian, material sintético criado pela combinação entre minerais naturais e polímeros, criando essa peça de formas orgânicas. “Esta mesa lateral é muito peculiar porque é feita de um único material sem emendas, ou seja, possui uma forma sinuosa muito elegante e sofisticada”, comenta a dupla de arquitetos Daniel Casagrande e Luiz Maganhoto (foto).
• Momentum&Design, Rua Des. Costa Carvalho, 208, Batel, fone (41) 3242-2920. Preço: R$ 6.400

<b>9. </b>A poltrona Soho, da linha Manhattan, é confortável e tem estampa de vaca. Na Vila Sierra Interiores, a partir de R$ 3.717
Brake: Mesas modulares, além de formarem uma bela composição, podem ser muito práticas, atendendo a diversos tipos de uso. É o caso da Mesa Brake, sugestão da arquiteta Camila Bruzamolin (foto). Entre os motivos da escolha, ela destaca a leveza da mesa em contraposição aos elementos pesados, como os sofás atuais; suas dimensões grandes, que garantem a visibilidade mesmo atrás de outras peças do ambiente; e o acabamento em espelho, que ressalta elementos de decoração depositados sobre ela.
• Ton Sur Ton, Al. Dr. Carlos de Carvalho, 1.285, Batel, fone (41) 3224-6660. Preço: a partir de R$ 2.010

<b>10. </b>O pufe João, da Ton Sur Ton, tem base revestida em lâmina de madeira e estofamento em tecido que lembra pelo de bicho. R$ 2.900
Fruit Table: A arquiteta Claudia Pereira(foto) não esconde a preferência por esta mesinha: “Ainda não usei em nenhum projeto, na verdade queria pra mim”. As linhas desenhadas por Guilherme Torres remetem ao estilo barroco, “inspirada na fruteira da casa da vovó”, como diz a descrição da peça. Mas as 22 opções de cores e o acabamento em laca dão um toque divertido e moderno. “Essas linhas remetem a sua fabricação, que começa de forma manual. A base é feita no torno, uma tradição de marcenaria”, conta Claudia.
• Kraft, Av. do Batel, 1.114, Batel, fone (41) 3233-4134. Preço: R$ 1.900

PUBLICIDADE