PUBLICIDADE

Conheça o significado oculto dos jardins japoneses

Por trás de toda a beleza dos jardins japoneses há muito mais do que você pode imaginar

Jardim japonês em Singapura

por Jonathan Seronato

06/10/2015

Tranquilidade, paz e harmonia com a natureza são elementos presentes na cultura do povo oriental. No corre-corre diário, muitas pessoas recorrem a lugares calmos e tranquilos como uma espécie de refúgio. Conhecidos pela serenidade e tranquilidade, os jardins japoneses possuem inúmeros itens que vão além da questão estética, pois há toda uma simbologia e misticismo por trás de cada elemento.

Foto Mel Gabardo / Gazeta do Povo.

Foto Mel Gabardo / Gazeta do Povo.

  • Cascata e lago com carpas:

A cascata não está por acaso, segundo a cultura japonesa, ela significa o ciclo da vida do nascimento à morte. A água simboliza a vida e as carpas a prosperidade. Além disso, a carpa é um peixe que tem a habilidade de nadar contra a correnteza.

  • Bambu:

De acordo com a tradição, o bambu é um símbolo da força e resistência e persistência. Diante do vento e tempestade ele se enverga, mas não quebra.

Um jardim japonês particular em Curitiba.  Foto: Mel Gabardo / Gazeta do Povo

Um jardim japonês particular em Curitiba.
Foto: Mel Gabardo / Gazeta do Povo

  • Caminho de pedra e Ponte:

O caminho de pedras representa a evolução do ser humano durante a vida e a ponte simboliza a transição do mortal para o sagrado.

  • Lanternas de pedra:

Conhecidas como Toro, a luminárias simbolizam o clareamento dos caminhos e iluminação da mente para quem caminha pelo jardim.

Jardim japonês particular em Curitiba.  Foto: Mel Gabardo / Gazeta do Povo

Jardim japonês particular em Curitiba.
Foto: Mel Gabardo / Gazeta do Povo

  • Plantas e arbustos:

As árvores simbolizam a eternidade. É bastante comum encontrar uma cerejeira, conhecidas como Sakura, sua simboliza a felicidade. O povo japonês vê com muita alegria o momento que as flores de cerejeira florescem e reúnem-se para o Hanami Matsuri (Festival das Flores), que ocorre entre o fim de março à meados de abril.

PUBLICIDADE