Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Novos empreendimentos

Em Curitiba, demanda de imóveis está nos extremos de luxo e simplicidade

Extremos do mercado imobiliário justificam o foco das construtoras em empreendimentos para públicos mais específicos

Ao mesmo tempo em que houve queda de lançamentos em Curitiba no primeiro semestre deste ano, imóveis das faixas extremas de preços driblaram a regra geral. | Antônio More/Gazeta do Povo
Ao mesmo tempo em que houve queda de lançamentos em Curitiba no primeiro semestre deste ano, imóveis das faixas extremas de preços driblaram a regra geral. Antônio More/Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O número de lançamento de imóveis novos na cidade de Curitiba caiu no primeiro semestre de 2016, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em 2015, 1.547 unidades foram lançadas – 28% a mais do que os 1.109 imóveis registrado nos seis primeiros meses deste ano. Essa queda, mais a estabilidade do volume de vendas no período, ocasionou uma diminuição de 22% no número de imóveis em estoque, na mesma comparação semestral, indo de 11.483 para 8.856 unidades esperando compradores.

Na contramão desse número geral, porém, duas categorias da classificação de tipos de imóveis de Curitiba (organizada por faixas de preços) têm números que não seguem o padrão das outras: a supereconômica e a superluxo - demonstrando o foco das construtoras em empreendimentos para públicos mais específicos.

De janeiro a junho de 2015, nenhuma unidade da faixa supereconômica – imóveis com valores até R$ 200 mil – foi lançada. Já no primeiro semestre deste ano, houve lançamento de 607 unidades, causando aumento de 62% no estoque dessa categoria.

Segundo a tabela de preços anunciados da Brain - Bureau de Inteligência Corporativa, o empreendimento com imóvel novo mais barato da cidade é o Residencial Florianópolis, da Piemonte Construtora e Incorporadora. Localizado no bairro Campo de Santana, extremo sul de Curitiba, a unidade mais barata da cidade tem 39m², dois dormitórios e faz parte de um complexo com área total de 1.100 m², com 22 apartamentos, 48 casas e seis salas comerciais. O imóvel vale R$ 114.990,00 e pode se encaixar em todas as faixas do programa Minha Casa, Minha Vida.

No outro extremo, está a categoria superluxo, que reúne imóveis com valor superior a R$ 2 milhões. Assim como a faixa supereconômica, esta também apresentou crescimento no volume de lançamentos. No primeiro semestre de 2015, apenas 16 unidades foram lançadas, contra 45 novos imóveis registrados no mesmo período de 2016 – representando aumento de 64% na quantidade de lançamentos. Também a exemplo da outra faixa, o estoque desse tipo de imóvel cresceu 39% na comparação do primeiro semestre de 2015 com o de 2016 – subindo de 169 para 277 unidades aguardando compradores.

O empreendimento que contém o imóvel de maior valor na cidade, segundo dados da Brain, está no Palazzo Lumini, da construtora San Remo. Localizado no bairro Ecoville, a unidade tem 874 m² de área privativa, com diversos ambientes internos, incluindo piscina privativa e quarto para o cachorro. O empreendimento tem 29 apartamentos e terreno de 12.700 m², onde há heliponto, campo de golfe e salão de beleza, além de serviços de gastronomia 24 horas.

Apartamentos Especiais

A única das oito categorias de tipos de empreendimentos que não é definida pelo valor é a faixa de apartamentos especiais: imóveis de um dormitório, estilo kitnet ou studio. Apesar da busca por imóveis dessa categoria ter uma dinâmica própria, os números de lançamentos e estoque seguem o padrão dos dados gerais. Na comparação do primeiro semestre de 2015 com 2016, o volume de lançamentos novos despencou 60,8%, baixando de 337 para 132 imóveis lançados nos primeiros seis meses do ano. Bem por isso, o número de unidades em estoque também caiu: de 2.531 habitações no acumulado dos seis primeiros meses de 2015, para 1.691 no mesmo período desse ano, representando queda de 33% no volume estocado.

Classificação

Saiba co mo são classificados os imóveis novos em Curitiba:

Especial

Apartamento com um quarto

Supereconômico

Até R$ 200 mil

Econômico

De R$ 200.001 a R$ 250 mil

Standard

De R$ 250.001 a R$ 400 mil

Médio

De R$ 400.001 a
R$ 700 mil

Alto

De R$ 700.001 a
R$ 1 milhão

Luxo

De R$ 1.000.001 a
R$ 2 milhões

Superluxo

Acima de R$ 2.000.001

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Imóveis

PUBLICIDADE