Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

story
Enkontra.com
PUBLICIDADE

Novidade

“Porcelanato líquido” é tendência em revestimento para pisos

Sem juntas, produto garante cobertura uniforme e pode receber aplicação de adesivos e efeitos visuais

Produto é brilhante e não apresenta rejuntes. | NS Brasil/Divulgaçao
Produto é brilhante e não apresenta rejuntes. NS Brasil/Divulgaçao
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Tendência em revestimento, os pisos resinados, mais conhecidos como “porcelanato líquido”, estão chamando a atenção de quem deseja renovar algum ambiente da casa. Com brilho intenso e possibilidade de se trabalhar com estampas e efeitos visuais, o principal atrativo deste tipo de revestimento é a ausência de juntas, o que garante uma cobertura uniforme a todo o cômodo.

Este resultado é possível devido à característica líquida do produto, que é uma tinta à base de poliuretano. O “porcelanato líquido” ainda pode ser aplicado diretamente sobre outros pisos (cerâmico, ardósia ou contra piso) em ambientes internos e externos, o que é outra vantagem do revestimento. “Não é indicada a aplicação sobre pisos laminados ou de madeira que, por sofrerem dilatação, podem fazer com que o produto craquele e se solte da base”, acrescenta Bruno Ribeiro, técnico em edificações da Bautech Indústria e Comércio de Tintas, que tem a patente sobre o nome “porcelanato líquido”.

Instalação

As etapas para a instalação do “porcelanato líquido” começam com a aplicação de um material cimentício para emparelhar o rejunte e o piso cerâmico. Depois, aplica-se o primer, que nivela a superfície e auxilia na fixação do produto.

Em seguida, faz-se a pintura (com rolo resistente a solvente) ou a aplicação (com desempenadeira) da tinta, de acordo com a orientação do fabricante. “É preciso aguardar de 8h a 12h entre a primeira e a segunda demãos [no caso de pintura] e 48h para a liberação do tráfego leve sobre o piso”, ensina Ribeiro.

Acabamento

O “porcelanato líquido” está disponível em diferentes cores sólidas, como bege, branco, cinza, azul, marfim e preto. Há, ainda, as linhas decorativas, com efeito manchado ou que imita mármores e texturas, as foscas e acetinadas, como acrescenta Alexandre Kalichtzuk, proprietário da Kali Revestimentos. “Também é possível instalar adesivos, inclusive com imagens 3D, sobre a cor sólida e aplicar resina transparente sobre ele para dar o acabamento”, sugere.

A manutenção do piso é feita com detergente neutro e/ou cera líquida, assim como a do porcelanato comum. O custo do kit completo para a aplicação com rolo de pintura – que dispensa mão de obra especializada e rende até 10 m² – é de R$ 505,90, na Impermix. A instalação com a desempenadeira, que demanda conhecimento técnico, custa R$ 250 por m² colocado. Os valores referem-se à aplicação de pisos com cores sólidas.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Imóveis

PUBLICIDADE