Unboxing iPhone 6s.

Os melhores apps para iOS e macOS (setembro de 2016)

Por
13/10/16, 13h19 6 min 3 comentários

Todo mês o Manual do Usuário lista os melhores apps para as plataformas mais populares. Você está na da Apple (nesta edição, só iOS!). Não deixe de conferir, também, as listas dos meses anteriores.

Faltou algum app aí embaixo? Avise nos comentários. E se descobrir algum legal no decorrer do mês, não se esqueça de mandá-lo para cá.


Blend

Print do Blend para iPhone.

Para iPhone e iPad
5 ★
US$ 0,99

Baixar

O iOS traz alguns wallpapers baseados em cores misturadas num sutil degradê. São ótimos, mas a oferta é bastante limitada ─ no iOS 10, são apenas seis disponíveis. O Blend resolve este problema: com uma interface simples e fácil de operar, ele permite criar uma infinidade de wallpapers degradês e, depois, usá-los como wallpaper.

A interface do Blend é baseada em discos que você roda para obter as cores desejadas. Um toque duplo na tela inverte a ordem das cores, um chacoalhar ou toque mais forte em iPhone com 3D Touch invoca uma combinação aleatória e com o gesto de rotação, usando dois dedos, ajusta-se o nível do degradê. Também é possível determinar a intensidade do brilho.


Clean Text

Print do Clean Text para iPhone e iPad.

Para iPhone e iPad
N/A ★
US$ 2,99

Baixar

Se você já se pegou tento que editar manualmente aspectos de formatação ou apresentação em um texto, especialmente em dispositivos com telas sensíveis a toques, sabe como isso pode ser trabalhoso e repetitivo. O Clean Text é um canivete suíço para evitar tanto trabalho. Ele limpa, edita e converte sinais em textos usando regras pré-definidas e que podem ser configuradas pelo usuário.

O leque de recursos é vasto. Entre os seus poderes, estão a ordenação de linhas alfabeticamente, capitalização de palavras, correção de aspas, junção de parágrafos, conversão de HTML para texto puro, correção de quebras de linha… e tem mais.

O Clean Text usa as últimas tecnologias do iOS. Entre outras coisas, Slide Over e Split View dos últimos iPad, atalhos rápidos na tela inicial do iPhone com 3D Touch, atalhos no teclado físico do iPad Pro e Smart Actions para trabalhar textos a partir de qualquer app. Ele também conversa com a versão para macOS, via iCloud. Para quem lida com texto, é uma mão na roda.


Compo

Print do Compo para iPhone.

Para iPhone e iPad
N/A ★
US$ 2,99

Baixar

Não faltam ofertas de bons editores de texto no iOS, mas, se até agora você não havia gostado de nenhum, o Compo é mais uma tentativa válida.

O desenvolvedor diz que o objetivo com o Compo era criar um “ambiente único e belo para escrever e guardar todos os seus textos”. E, de fato, o design minimalista combinado com funções úteis (contagem de palavras e tempo estimado de leitura) parecem fiéis à premissa. O Compo também é personalizável ─ você pode escolher qualquer fonte do sistema para usar na edição. Por fim, ele sincroniza com o iCloud Drive, tornando acessíveis seus escritos na web e em computadores com macOS.

Não é um app que muda o mundo nem que faz algo muito diferente, mas tem os recursos mínimos e uma estética de bom gosto para ser considerado.


Houseparty

Print do Houseparty para iPhone.

Para iPhone
N/A ★
Grátis

Baixar

Dos criadores do Meerkat, o app que antecipou a moda dos streaming de vídeo ao vivo e foi enterrado por Periscope (Twitter) e Facebook Live, o Houseparty, como era de se esperar vindo de quem vem, envolve vídeo. A ideia aqui é conversar por vídeo com vários amigos ao mesmo tempo (até oito) a fim de diminuir a pressão e a ansiedade do contato audiovisual.

O app tem um visual simples e descolado, e mira claramente num público mais jovem. Sempre que seus amigos estiverem no app ao mesmo tempo, o bate-papo começa. Há alguma diferença aí em relação a outras soluções, como Skype e Facetime, mas será suficiente para ser o segundo hit da Life on Air (nome da empresa por trás do app)? Só o tempo e os usuários dirão.


Leaf for Twitter

Print do Leaf for Twitter para iPhone.

Para iPhone
N/A ★
US$ 4,99

Baixar

Uma das vantagens de quem usa iPhone e Twitter é ter o Tweetbot à disposição. O app custa caro, mas é uma experiência muito melhor no uso da rede social que a fornecida pelo app oficial. Novo na área, o Leaf tenta ser um meio termo: um app melhor que o Twitter oficial e mais barato que o Tweetbot.

A lista de recursos é longa e compreende, à primeira vista, tudo que se esperaria de um cliente de Twitter moderno. A apresentação conta até com alguns toques bem originais: tweets com conteúdo multimídia, como fotos e vídeos, exibem esse material misturado ao texto, como imagem de fundo, permitindo ver mais mensagens ao mesmo tempo na tela. Também há um modo noturno disponível, que inverte as cores da interface.


Meetup

Print do Meetup para iPhone.

Para iPhone
3,5 ★
Grátis (com compras in-app)

Baixar

Não é um app exatamente novo, mas o Meetup passou por mudanças tão profundas que parece um.

O objetivo do Meetup é reunir, presencialmente, pessoas que compartilhem interesses comuns. Ao abrir o app, ele mostra grupos e encontros que já estão organizados e dos quais você pode participar. Não achou nada? É fácil, prometem os desenvolvedores, criar o seu evento (embora isso seja pago).


Stephen Hawking’s Pocket Universe

Print do Stephen Hawking's Pocket Universe.

Para iPhone
N/A ★
US$ 3,99

Baixar

É a versão em app, com animações e interativa, do livro Uma Breve História do Tempo, do famoso físico Stephen Hawking.

O app é dividido em seis tópicos, ilustrados e fáceis de navegar, que revelam as teorias e os mistérios do universo, e ainda traz alguns comentários e anedotas de Hawking. É indicado tanto para quem já leu a obra da qual se origina quanto para quem nunca teve contato. Infelizmente, por ora está disponível apenas em inglês.


Alguns avisos:

  • Os apps acima não foram todos testados pelo Manual do Usuário. A lista é composta por apps de destaque, lançados no mês correspondente, que apareceram em outros sites ou foram comunicados pelos leitores;
  • Os apps são listados por ordem alfabética;
  • As notas (estrelas) vão de 0 (zero) a 5 (cinco) e são obtidas das respectivas lojas da plataforma, na data da publicação deste post;
  • Alguns links são comissionados, ou seja, compras realizadas por eles rendem uma pequena comissão ao Manual, sem alterar o preço final ao leitor/consumidor.

Foto do topo: Joseph Thornton/Flickr.

Compartilhe: