Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

Crise POlítica

Chávez retira embaixador do Paraguai e interrompe envio de petróleo

Presidente da Venezuela disse que não vai apoiar a destituição de Lugo, o que classificou como golpe de estado

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

O presidente da Venezuela, Hugo Chávez, ordenou neste domingo (24) a retirada do embaixador venezuelano no Paraguai e a interrupção do envio de petróleo, após a destituição, na sexta-feira (22), do presidente Fernando Lugo pelo Senado paraguaio.

"Sentimos muito, mas não apoiaremos, de forma alguma, esse golpe de Estado", afirmou Chávez nas cerimônias de comemoração do 191º aniversário da batalha de Carabobo, em que tropas separatistas derrotaram as tropas espanholas.

"Digo ao ministro da Energia, Rafael Ramírez, que interrompa o envio de petróleo fruto do acordo energético de Caracas", declarou o presidente, arrancando aplausos entre os presentes.

Chávez voltou a classificar de "golpe de Estado ilegal e inconstitucional" o julgamento que destituiu Lugo, e assinalou que "sempre que a burguesia e a direita governam, acontecem essas coisas".

O presidente da Venezuela referiu-se a Franco como "o usurpador" que presume ter "salvo o Paraguai de se tornar um satélite chavista".

"Foi o mesmo que disseram quando derrubaram Zelaya (ex-presidente de Honduras). Usam a mim como desculpa. Veja você, são os mesmos que tornaram o Paraguai uma colônia ianque por vários anos", alfinetou.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Mundo

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais