Assinaturas Classificados
Assinaturas

Publicidade
Polícia

Casal é declarado culpado pela morte da filha em tribunal inglês

Iftikhar e Farzana Ahmed também já haviam sidos detidos em outras duas ocasiões, em dezembro de 2003, por sequestro, e em 2010, por assassinato

03/08/2012 | 14:35 |
  • Comentários

Em um tribunal de Chester, cidade situada ao norte da Inglaterra, um casal foi declarado culpado nesta sexta-feira (3) pelo assassinato da própria filha, uma adolescente que foi morta há sete anos em um possível "crime de honra".

O corpo de Shafilea Hamed, que tinha de 17 anos na ocasião, foi encontrado em fevereiro de 2004, às margem do rio Kent, no condado inglês de Cúmbria, em um avançado estado de decomposição.

No entanto, no final do último ano, os proprios pais da jovem - Iftikhar Ahmed, de 52 anos, e Farzana Ahmed, de 49 -, foram acusados formalmente e processados seus respectivos envolvimentos neste caso. O casal, acusado de ter asfixiado à jovem com uma sacola plástica, sempre negou sua participação na morte da filha.

Diante do tribunal de Chester, a irmã de Shafilea, Alesha, de 23 anos, disse que seus pais empurraram a jovem contra o sofá da casa, puseram uma sacola plástica em sua boca e a mataram, inclusive na presença de seus outros filhos.

Iftikhar e Farzana Ahmed também já haviam sidos detidos em outras duas ocasiões, em dezembro de 2003, por sequestro, e em 2010, por assassinato. Ambos os casos não resultaram na prisão do casal, primeiro por falta de provas e depois, em 2010, por conta do pagamento de uma fiança.

Uma investigação judicial, realizada em 2008, concluiu que a adolescente morreu asfixiada, e o caso passou a ser tratado no Reino Unido como um possível "crime de honra", aquele que é motivado por vergonha e desonra dentro de uma família.

      • NOTÍCIAS MAIS COMENTADAS
      • QUEM MAIS COMENTOU
      Publicidade
      Publicidade
      Publicidade
      «

      Onde e quando quiser

      Tenha a Gazeta do Povo a sua disposição com o Plano Completo de assinatura.

      Nele, você recebe o jornal em casa, tem acesso a todo conteúdo do site no computador, no smartphone e faz o download das edições da Gazeta no tablet. Tudo por apenas R$ 69,30 por mês no plano anual.

      SAIBA MAIS

      Passaporte para o digital

      Só o assinante Gazeta do Povo Digital tem acesso exclusivo ao conteúdo do site, sem nenhum custo adicional ou limite.

      Navegue com seu celular ou baixe todas as edições no tablet - um novo jeito de ler jornal onde você estiver.

      CLIQUE E FAÇA PARTE DESSE NOVO MUNDO

      »
      publicidade