Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

No Tribunal

Corte turca condena 322 oficiais à prisão

Dois generais e um almirante da reserva, considerados líderes do plano de golpe, foram condenados à prisão perpétua. Seus parentes desabaram em lágrimas ao ouvirem a sentença

 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Um tribunal turco condenou na sexta-feira (21) 322 oficiais militares da ativa e da reserva por tramarem um golpe em 2003, encerrando um julgamento que consolidou o domínio civil sobre os militares na política do país. O tribunal de Silivri, nos arredores de Istambul, também absolveu 34 militares, segundo documentos judiciais aos quais a Reuters teve acesso. Dois generais e um almirante da reserva, considerados líderes do plano, foram condenados à prisão perpétua. Seus parentes desabaram em lágrimas ao ouvirem a sentença.

Desde a instituição da república turca, em 1924, os militares foram os guardiões das instituições laicas, tendo realizado três golpes entre 1960 e 80 e pressionado um governo islâmico a renunciar em 1997.

Mas o governo do Partido AK, de orientação islâmica, no poder há uma década, conseguiu domar a influência militar na formulação de políticas e nas nomeações ministeriais, enquanto promotores levaram supostos golpistas à Justiça. O primeiro-ministro Tayyip Erdogan não quis comentar as condenações.

Siga a Gazeta do Povo e acompanhe mais novidades

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Mundo

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais