Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

paris

Motorista armado morre após bater o carro contra van da polícia em Paris

O incidente teria ocorrido perto de um shopping na área e ninguém ficou ferido

  • Agência Estado
Oficiais fazem operação de segurança na Champs-Elisées após homem jogar o carro contra uma van da polícia | ALAIN JOCARDAFP
Oficiais fazem operação de segurança na Champs-Elisées após homem jogar o carro contra uma van da polícia ALAIN JOCARDAFP
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Um carro colidiu contra uma van da polícia na Avenida Champs-Elysées, em Paris, nesta segunda-feira (19). O motorista estava armado e morreu no local. O incidente teria ocorrido perto de um shopping na área e ninguém, além do motorista ficou ferido. A Avenida Champs-Elysées é um dos mais frequentados por turistas na capital francesa. 

Segundo o departamento de polícia parisiense, há uma operação de segurança na região, que deve ser evitada pelo público. Autoridades acreditam que o motorista agiu deliberadamente.  

Testemunhas disseram à agência de notícia "Associated Press" que o suspeito jogou o carro – que continha explosivos– contra a viatura policial. O agressor vivia no subúrbio de Paris e já era um conhecido da polícia por seu extremismo.  

Após a colisão, o veículo pegou fogo. O esquadrão antibomba está no local.  

Pelo Twitter, a polícia de Paris informou que a "situação está sob controle". A estação de metrô Champs-Elysées-Clémenceau foi fechada por medidas de segurança. 

 O ministro do Interior da França, Gérard Collomb, afirmou que o ataque mostra que a ameaça de terrorismo ainda é alta no país e justifica o estado de emergência, decretado em 2015.  

Em abril, três dias antes do primeiro turno da eleição presidencial, um policial foi morto na Champs-Elysées. O ataque foi reivindicado pelo Estado Islâmico, responsável pela maioria dos ataques que deixaram 239 vítimas na França desde janeiro de 2015.  

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Mundo

  1. Michelle Martinez pode ficar até 70 anos na cadeia | Reprodução Fox News

    ESTADOS UNIDOS

    Mulher trans pode pegar até 70 anos de prisão após estupro de criança em banheiro

  2. Presidente da Argentina, Mauricio Macri, comemorou os resultados das eleições legislativas | MAXIMILIANO LUNA/AFP

    VOTAÇÃO

    Coalizão de Macri vence eleições na Argentina

  3.  | GABRIEL BOUYSAFP

    decisão

    Espanha decide dissolver governo e retirar autonomia da Catalunha

PUBLICIDADE