Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Polícia

Polícia italiana prende mafiosos com ajuda do Facebook

Alessandro Giuliano, chefe dos detetives de polícia em Milão, diz que investigadores conseguem achar de fotos a até ameaças de morte postadas na rede

  • Agência O Globo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Com a ajuda de informações postadas por mafiosos em perfis no Facebook, a polícia italiana tem conseguido rastrear e prender procurados com mais facilidade, como conta o semanário L'Espresso nesta sexta-feira (21). Em entrevista ao jornal, Alessandro Giuliano, chefe dos detetives de polícia em Milão, diz que investigadores conseguem achar de fotos a até ameaças de morte postadas na rede, o que facilita na identificação e rastreamento dos criminosos.

"Para nós é uma importante ferramenta", diz Giuliano. "Isso nos mostra e permite entender melhor como eles operam", acrescenta.

Em uma das investigações da polícia - citada pela agência AFP - um mafioso, que havia sido alvo de uma tentativa de assassinato, postou em sua atualização no Facebook a seguinte frase: "Olho por olho, dente por dente. Sem misericórdia". O mesmo homem era fã do filme "Scarface" e tinha fotos de seu último aniversário, onde convidados foram servidos com um bolo decorado com duas armas de chocolate.

As investigações na rede social têm a vantagem de ultrapassar fronteiras e até oceanos. Em outro caso, um dos mais poderosos chefes de um grupo mafioso na Itália foi rastreado e preso depois que sua namorada postou fotos dos dois em uma viagem a Marbella, no sul da Espanha. Na Venezuela, outro criminoso italiano foi preso quando tentava organizar o envio de drogas para a Europa com um perfil falso na rede.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Mundo

  1. Michelle Martinez pode ficar até 70 anos na cadeia | Reprodução Fox News

    ESTADOS UNIDOS

    Mulher trans pode pegar até 70 anos de prisão após estupro de criança em banheiro

  2.  | Brendan  Smialowski/AFP

    eua

    Trump confirma abertura de arquivos do assassinato de Kennedy

  3.  | GABRIEL BOUYSAFP

    decisão

    Espanha decide dissolver governo e retirar autonomia da Catalunha

PUBLICIDADE