Mundo

Fechar
PUBLICIDADE

ciência

Sonda encontra fortes sinais de antigo oceano em Marte

Análise de dados revelou que as planícies do Norte do planeta estão cobertas por um material de baixa densidade compatível com sedimentos típicos do fundo de um mar

Animação mostra as regiões de Marte onde poderia ter existido um oceano, segundo a Agência Espacial Europeia |
Animação mostra as regiões de Marte onde poderia ter existido um oceano, segundo a Agência Espacial Europeia
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

A sonda Mars Express, da Agência Espacial Europeia (ESA), detectou fortes sinais de um antigo oceano que teria coberto uma grande extensão da superfície de Marte bilhões de anos atrás. Análise de dados de um levantamento feito com um radar instalado na nave nos últimos dois anos revelou que as planícies do Norte do planeta estão cobertas por um material de baixa densidade compatível com sedimentos característicos do fundo de um mar.

"Interpretamos esse material como sendo depósitos sedimentares possivelmente ricos em gelo", conta Jérémie Mouginot, do Instituto de Planetologia e Astrofísica de Grenoble (IPAG), na França, e da Universidade da Califórnia. - É um novo e forte indicativo de que um oceano existiu lá.

Há anos os cientistas suspeitam da existência de antigos oceanos em Marte e diversas formações observadas na superfície do planeta por várias sondas em órbita foram interpretadas como sendo parte das linhas costeiras dessas massas d'água, mas o assunto ainda é motivo de controvérsias na comunidade astronômica. Os sedimentos detectados pelo radar Marsis da Mars Express estão dentro destas fronteiras.

"O Marsis penetra fundo no solo, revelando os primeiros 60 a 80 metros do subterrâneo do planeta", diz Wlodek Kofman, líder do time que opera do radar no IPAG. "Por toda essa profundidade, vimos evidência de material sedimentar e gelo."

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Mundo

PUBLICIDADE
Acompanhe a Gazeta do Povo nas redes sociais