Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Caro usuário, por favor clique aqui e refaça seu login para aproveitar uma navegação ainda melhor em nosso portal. FECHAR
PUBLICIDADE

bom dia

A boa vida dos policiais no exterior e a disputa velada pelo centro

E mais: Brasil tira nota baixa, Bolsonaro tem de explicar mais uma, Lula vai ganhar o Oscar e o Carnaval que já está rolando

  • Renan Barbosa
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Bom dia!

Depois de revelar “la dolce vita” de militares lotados em embaixadas brasileiras no exterior, Lúcio Vaz passa a limpo os salários de um grupo de policiais federais que ganham até R$ 57 mil no exterior. Os descontos na folha são mínimos, porque não pagam Imposto de Renda e não sofrem o abate do teto constitucional.

Disputa

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ) continua seu périplo, cada vez menos tímido, em busca de apoio para uma eventual candidatura à Presidência.

E teve alfinetada entre Maia e o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles (PSD), depois que a Standard & Poor's Global rebaixou a nota do Brasil. A decisão da agência reflete a fraqueza da economia, a incapacidade fazer as reformas avançarem para corrigir o problema fiscal, e as incertezas em relação às eleições de 2018.

O governo teve de substituir o comunicado divulgado pelo Ministério da Fazenda sobre tema. A primeira versão do texto não tinha a menção elogiosa ao Congresso Nacional. Meirelles havia criticado o parlamento por não aprovar a reforma da previdência, o que levou Maia a retrucar: “Resposta de um candidato, uma pena”. O presidente Michel Temer teve de intervir para apaziguar os ânimos.

Novela

O país está em compasso de espera enquanto o governo insiste no nome de Cristiane Brasil (PTB-RJ) para o Ministério do Trabalho, mesmo com as derrotas judiciais no TRF-2. Segundo o vice-líder do governo, se condenado em ação trabalhista não puder ser ministro do Trabalho, então “ministro da Saúde não pode fumar” e “ministro dos Transportes não pode ter multa de trânsito”.

Nosso editorial comenta o imbróglio institucional e ressalta que a decisão da Justiça desrespeita a independência entre os poderes, muito embora a escolhida seja, de fato, desqualificada para o cargo:

O problema, aqui, é a ausência de definição legal do que, exatamente, constitui a imoralidade no caso de atos da administração pública, criando um vácuo no qual qualquer magistrado poderia aplicar seus critérios de moralidade para impedir este ou aquele ato governamental.

Falando em trabalho, Denise Drechsel explica mais uma decisão judicial que contrariou a reforma trabalhista. Um caso parecido já tinha sido revertido pelo TST ainda antes da aprovação.

Outra

E agora Bolsonaro vai ter de explicar por que usa verba do gabinete para empregar uma vizinha que vende açaí em um distrito a 50 km do centro de Angra Dos Reis.

O pré-candidato respondeu às reportagens da Folha de São Paulo, pela primeira vez, em vídeo divulgado em sua página. Diz que só não concorre nas eleições em duas hipóteses: se for processado e não puder concorrer, ou se for morto.

Crise conjugal

Já Adilson Barroso, presidente nacional do Patriota (PEN), o partido “traído” por Bolsonaro, que o trocou pelo PSL, avalia o movimento do pré-candidato e vaticina: o PSL pode acabar trocado também.

Merecia um Oscar

A defesa do ex-presidente Lula, esse eterno injustiçado, vai lançar um documentário sobre o processo envolvendo o tríplex no Guarujá. Querem lançar antes do julgamento no TRF-4.

Parece piada

Um líder trabalhista que votou a favor do impeachment de Dilma Rousseff agora assina manifesto a favor da candidatura de Lula.

É piada

Fernando Martins analisa o comportamento de Nelson Marchezan Júnior (PSDB), o prefeito “gozador” de Porto Alegre que não perde a oportunidade de fazer troça de Lula e do PT.

Que pressa

Um juiz federal de Pernambuco suspendeu o dispositivo de uma Medida Provisória, editada pelo presidente Michel Temer no final do ano passado, que autorizava a privatização da Eletrobras. Para o magistrado, o governo não justificou a urgência em “alterar de forma substancial a configuração do setor elétrico nacional”.

Ideologia de gênero

O Santander Cultural, depois de encerrar a mostra Queermuseum devido à pressão popular, vai patrocinar duas novas mostras, uma sobre gênero e direitos humanos, outra sobre mulheres. A instituição assinou um termo de compromisso com a Procuradoria Regional dos Direitos dos Cidadãos do MPF.

E, por falar nisso, uma escola só para garotas vai parar de usar o termo “garotas”, para não evitar algo “nocivo” a estudantes transgêneros.

Liberdade de expressão

O pesquisador Zander Navarro, que foi sumariamente demitido pela Embrapa depois de publicar um artigo crítico dos rumos da empresa, conversou com Evandro Éboli. Diz que uma cultura arbitrária da ditadura tomou conta da estatal e que vai lutar na Justiça para recuperar seu posto.

Guido Orgis opina sobre o caso e o que ele releva do lado autoritário e nebuloso das estatais, que são sustentadas com o dinheiro do contribuinte brasileiro:

É difícil discordar que se espera muito de uma empresa que recebe bilhões anualmente e que está ligada a uma das atividades econômicas mais importantes do país. E que seu foco precisa sempre estar em debate. Se a atual gestão da Embrapa discorda dos argumentos do texto, deveria vir a público para mostrar que tem, sim, foco e que o retorno social é condizente com o investimento feito pelo contribuinte. Demitir o funcionário não é a resposta adequada.

Liberdade religiosa

N´A Protagonista, Madeleine Lacsko revela a preocupante reforma do Código Penal boliviano, que pode criminalizar a atividade missionária. A medida seria uma afronta à liberdade religiosa e ao Direito Internacional.

Fake News

Um novo estudo revela que as notícias falsas, as famigeradas “fake news”, tiveram amplo alcance, mas impacto bem menos considerável. O fenômeno coloca desafios para a democracia, mas deve ser analisado e enfrentado com prudência. 

Quer ganhar quanto?

O mercado global de tecnologia está bombando. Os valores dos salários acompanham,  mas as empresas vêm percebendo que, os candidatos buscam também outras coisas, como pacotes de benefícios e oportunidade de crescimento e avanço na carreira.

De Brasília

Catarina Scortecci encerra, com um texto relembrando os votos da bancada do Paraná em 15 temas , uma série dedicada à retrospectiva 2017 de movimentações em Brasília que envolvem o estado.

No primeiro texto da série, os enroscos de conselheiros do TCE.

No segundo, as delações que atingiram o governador Beto Richa (PSDB).

No terceiro, três decisões que abalaram a Operação Publicano, que investiga um esquema de corrupção na Receita Estadual.

Aposta

A prefeitura de Curitiba vai qualificar como Organizações Sociais (OSs) instituições que queiram desenvolver as atividades culturais do município. É um dos primeiros passos para que outros grupos disputem a prestação de serviços na área música, literatura, dança e audiovisual

Raridade

E, na fronteira com o Paraguai, os policiais encontraram um carro que tinha sido roubado em São Paulo em 1999. O país é um dos principais destinos dos carros roubados no Paraná e estados próximos.

Folia

Carnaval Neste sábado começa o pré-Carnaval em Curitiba. O Guia preparou um roteiro para as próximas semanas. Vai ter até Zombie Walk.

Múmias Quem quer mais tranquilidade (mas talvez mais sustos) pode ir visitar um dos maiores acervos egípcios do país, que está aqui em Curitiba.

Festival E o festival do caranguejo, que começa hoje no litoral, pode ser uma boa razão para ignorar a chuva e ir para a praia.

Um ótimo final de semana a todos!

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Opinião

PUBLICIDADE