Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

bom dia

Estudo exclusivo explica origem e danos causados pela ideologia de gênero. Governo faz as contas para a reforma da Previdência

E mais: novos recortes da pesquisa Datafolha, a lição de moral de Tiririca, a menor Selic da história, Senado aprova empréstimo ao Paraná e por que não existe peru de Natal

  • Leonardo Mendes Júnior
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Bom dia!

 

A Gazeta do Povo publica com exclusividade em português o estudo da Associação Americana de Pediatria sobre ideologia de gênero, base da grande maioria das teses e discussões sobre o assunto. O material expõe como a teoria de que o gênero é uma construção social não tem base científica e os danos comprovados à saúde quando se aplica tratamentos invasivos com base nela.

 

Outro conteúdo exclusivo e inédito é o Monitor da Doutrinação. Por ele, os leitores podem registrar casos de doutrinação ideológica em sala de aula. Nossa equipe apura a história e, atestada a veracidade, publica reportagem a respeito. 

 

Do The Daily Signal, Emilie Kao lista quatro aspectos fundamentais do julgamento sobre o confeiteiro cristão que rejeitou o pedido de um bolo de casamento para um casal gay. Um exemplo? Discordância não é sinônimo de discriminação. 

Conteúdos e abordagens que você só encontra na Gazeta do Povo.

Cálculos e mais cálculos 

O governo federal inverteu o cálculo dos votos para a aprovação da reforma da Previdência. Ao invés de somar adesões, contabiliza quantos apoios da base aliada suporta perder. São possíveis até 67 traições sem comprometer o texto revisado na Câmara, informa Evandro Éboli. 

 

Para estimular a fidelidade, toda a tática é discutida. O líder de um partido aliado disse que extinguir a taxa de bagagem cobrada nos aeroportos seria certeza de apoio dos seus correligionários. Conseguir o apoio em bloco de legendas é crucial para a estratégia do Planalto. PMDB (60 deputados) e PTB (16 deputados) já fecharam questão. Pelo menos mais três siglas precisam fazer o mesmo para dar tranquilidade ao governo na votação. 

 

Rodrigo Constantino escreve que os partidos fazem o cálculo político errado quando avaliam a Previdência de olho nas eleições de 2018. Opor-se a uma reforma que ajudará a colocar a economia em rota consistente de crescimento sim fará com que os políticos sejam punidos nas urnas, não a aprovação dela. 

 

Enquanto a Previdência patina, a Câmara aprovou mais um Refis. Agora, os beneficiados com parcelamento de dívida são produtores rurais, além de micro e pequena empresas do Simples Nacional. 

 

Antes da votação, o plenário foi palco do primeiro e último discurso do deputado Tiririca (PR-SP). O palhaço confirmou que sairá da vida pública ao fim do mandato e disse ter vergonha de muitos dos seus colegas

***

A Câmara também aprovou o aumento da pena para quem causar acidente de trânsito sob efeito de álcool ou drogas. A deputada federal Christiane Yared, que perdeu um filho em um acidente provocado pelo ex-deputado estadual Carli Filho, comemorou a mudança na legislação.

Está difícil segurar a emoção. Sonhei com esse dia desde que cheguei em Brasília. Nossos filhos não podem ser trocados por cestas básicas

Brasil, 2018 

Fernando Martins deu mais uma chacoalhada na pesquisa Datafolha e extraiu os números da corrida presidencial por região. Lula vence em todas, disparado no Norte-Nordeste, um pouco mais apertado nas demais; Bolsonaro tem seu melhor desempenho no Centro-Oeste; o Sul põe Alvaro Dias na briga pelo segundo lugar e tem o maior índice de indecisos. 

 

O advogado Sebastião Ventura Pereira da Paixão Jr. vê a eleição de 2018 como a primeira do pós-petismo, a primeira desde que ficou claro que a PT era, sim, um partido diferente dos demais: não pelo monopólio das virtudes, mas pela corrupção desmedida a serviço de um projeto de poder. A revelação deixou um vácuo na classe média, que correu para os extremos ou para longe das urnas

 

Um dos reflexos práticos é o surgimento de movimentos pela renovação na política. O RenovaBR abriu seleção para oferecer bolsas a novos nomes que queiram ser preparados para concorrer nas eleições do ano que vem. São mais de 4 mil candidatos às 150 bolsas R$ 72 mil, para seis meses de preparação antes de enfrentar as urnas

 

Outro caminho necessário para melhorar a qualidade dos nossos representantes é mexer no sistema eleitoral. Em novembro, foram aprovados dois projetos de lei que instituem o voto distrital misto a partir de 2020. No editorial da Gazeta do Povo, apontamos que embora este seja o melhor sistema, a forma como ele foi implementado deixa brechas para ser alegar inconstitucionalidade

O voto distrital misto é, sim, o melhor sistema, ao aproximar candidatos e eleitores ao mesmo tempo em que mantém a importância dos partidos e de políticos vinculados a causas e grupos sociais, em vez de bases territoriais. Mas a maneira correta de implantá-lo no Brasil é por uma mudança no artigo 45 da Constituição. 

Ninguém mexe 

Edson Fachin mandou bloquear R$ 13 milhões da família de Geddel Vieira Lima. E abriu inquérito para investigar se a família fez investimentos imobiliários com o intuito de lavar dinheiro, informa Bárbara Lobato. 

A menor 

Nunca antes na história deste país a taxa básica de juros foi tão baixa. O Banco Central anunciou ontem a queda da Selic de 7,5% para 7%. E a expectativa é de que chegue a até 6,5% no início de 2018. 

 

A queda ao menor nível histórico é mais um componente para consolidar a retomada da economia. Ricardo Amorim aponta outro: em outubro, a produção industrial teve o maior crescimento em quatro anos e meio, o que abre a perspectiva de mais empregos em 2018. 

Aprovado 

O Senado aprovou o empréstimo de R$ 764 milhões do BID ao governo do Paraná, para investimento em obras de infraestrutura. Catarina Scortecci apresenta os seis principais projetos, todos referentes a melhorias rodoviárias pelo estado

 

A PR-407, entre Paranaguá e Pontal do Paraná, não está no pacote. Ali, a necessária duplicação de um trecho de 19 quilômetros foi reduzida a 3,5 quilômetros, após reavaliação do governo e da Ecovia, explica Katia Brembatti. 

Patrimônio preservado 

O edifício principal do Colégio Estadual será restaurado. O governo do Paraná firmou acordo com a Volkswagen para a obra, estimada em R$ 20 milhões. A montadora receberá incentivos fiscais em troca. 

Patrimônio queimado 

Um incêndio destruiu o centenário prédio do Belvedere, no Centro Histórico de Curitiba. Fechada a três anos, o símbolo de art noveau na cidade havia virado mocó para moradores de rua. 

Personalidades do ano 

A revista Time elegeu como personalidade do ano as mulheres que lançaram a hashtag #metoo ("eu também"), para denúncia de casos de assédio e abuso sexual. A escolha não apenas premia a coragem do grupo, mas também reforça essa questão como redefinidora das relações e do respeito entre homens e mulheres. 

A questão Jerusalém 

Donald Trump reconheceu oficialmente Jerusalém como capital de Israel. E aqui estão cinco respostas para entender o significado da cidade e das consequência do movimento do presidente norte-americano

Tudo no seu tempo 

Lívia Inácio trata de um dos grandes desafios da vida moderna: não deixar que a vida profissional estrague a pessoal, e vice-versa. Estabelecer prioridades cotidianas é um primeiro e fundamental passo para chegar a este equilíbro. Anotado! 

O Natal nosso de cada dia 

O Auto de Natal do Centro Histórico de Curitiba estreou ontem sua nova temporada, transformando a região em uma ópera a céu aberto. Se você perdeu, tem nova sessão hoje e mais duas na semana que vem. 

 

Outro clássico de Natal é o amigo secreto. Se você está cansado do formato tradicional, o Viver Bem listou algumas ideias para deixar a brincadeira mais divertida - e ainda lhe render presentes legais e boas risadas. 

 

Para quem é do Clube Gazeta do Povo, o Clube Selections oferece descontos exclusivos em presentes gastronômicos

 

Se o presenteado for fã de rock clássico, vai dar tempo de comprar ingresso do show do Roger Waters. O ex-Pink Floyd se apresenta em outubro do ano que vem e os preços já estão definidos

 

Dá até para recorrer ao táxi para fazer as compras. Corridas grátis e a R$ 5 estão entre as ofertas para recuperar o terreno perdido para aplicativos

 

Do Agro, Marcos Tosi explica que não existe peru de Natal. (como assim!?!?) 

 

Depois dessa, só resta dizer: boa quinta-feira a todos!

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Opinião

PUBLICIDADE