Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

JUstiça

Chega a Moro pedido de prisão de Lula no caso do tríplex

Ministério Público Federal quer regime fechado e pagamento de multa milionária para o ex-presidente e mais seis acusados

  • Da Redação
Em discurso em Curitiba, em maio, Lula declarou que investigação é infundada. | Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
Em discurso em Curitiba, em maio, Lula declarou que investigação é infundada. Marcelo Andrade/Gazeta do Povo
 
0 0 COMENTE! [0]
TOPO

Um pedido de prisão, em regime fechado, do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, foi feito pelo Ministério Público Federal e encaminhado ao juiz Sergio Moro. O processo é referente à investigação sobre o tríplex do Guarujá e teria o envolvimento de outras seis pessoas, acusadas de corrupção e lavagem de dinheiro. O MPF também sugere que o ex-presidente e os demais réus paguem uma multa de R$ 87 milhões. O pedido chegou ao juiz na sexta-feira (3).

As alegações finais do MPF no processo foram encaminhadas depois de encerrada a fase de depoimentos, que teve como ponto alto as declarações de Lula a Moro, em Curitiba, no dia 10 de maio. A ação sugere que houve pagamento de propina pela construtora OAS a partir da cessão de um apartamento tríplex no litoral paulista em troca por benefícios supostamente dados à empresa em contratos com a Petrobras. A lista de acusados inclui o ex-presidente da OAS, Léo Pinheiro, e executivos da empresa.

Alegando que o valor correspondente a propinas chega a R$ 87 milhões, o MPF pede que o montante seja ressarcido aos cofres públicos e que mais R$ 87 milhões sejam pagos como multa, que seria dividida entre os acusados. O prazo para as defesas apresentarem contestações vai até o dia 20 de junho. A partir daí o juiz Sergio Moro vai analisar os argumentos e decidir.

A defesa de Lula nega que o ex-presidente seja beneficiário do tríplex. Durante o Congresso Nacional do PT, em Brasília, na quinta-feira, Lula chamou a investigação de “palhaçada” e disse que o caso se trata de uma perseguição. Já o MPF alega ter provas contra o ex-presidente.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Política

  1. Tiririca já deixou claro ao partidos que não tentará um terceiro e garantido mandato na Câmara Federal. | Werther Santana/Estadão Conteúdo

    Ficou pior que tava!

    Tiririca, o 'final' melancólico da carreira de deputado

  2.  | Daniel Castellano/Gazeta do Povo/Arquivo

    excesso de cargos

    MP quer exoneração de comissionados que custam R$ 27 mil por mês ao Paraná

  3.  | Pedro Serapio/Gazeta do Povo

    ELEIÇÕES 2018

    Ciro Gomes sai em busca de “bolsominions”: “O eleitor do Bolsonaro é meu”

PUBLICIDADE