Seu app Gazeta do Povo está desatualizado.

ATUALIZAR

Enkontra.com
PUBLICIDADE

Eleições 2018

Pesquisa mostra Bolsonaro encostado em Lula na corrida presidencial

Levantamento do DataPoder360 mostra crescimento de Bolsonaro, que fica mais perto de Lula

  • Da Redação
 |
 
0 COMENTE! [0]
TOPO

Em pesquisa de intenção de voto realizada pelo DataPoder360, o deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) empata tecnicamente com o ex-presidente Lula em uma disputa à Presidência da República. A pesquisa, que foi feita antes da condenação de Lula pelo juiz Sérgio Moro no dia 12/07, mostra crescimento de 7 pontos percentuais de Bolsonaro desde a última pesquisa, com 21% das intenções de voto, contra 26% das intenções para Lula. Em um segundo cenário, quando o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), é incluído, Bolsonaro encosta em Lula, ficando com 21% contra 23% do petista.

Lula lidera em todos os cenários. No primeiro cenário, que inclui o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB), Bolsonaro é o único a apresentar crescimento fora da margem de erro. Nesse cenário, Lula aparece com 26% das intenções, com queda de um ponto ante pesquisa de junho. Bolsonaro tem 21%, crescimento de 7 pontos. Alckmin tem 10% das intenções, seguido por Marina Silva (Rede), com 6% e Ciro Gomes (PDT) com 5%. Brancos e nulos são 27% e 7% não sabem ou não responderam.

Efeito Dória

Dória pode ser um complicador para Lula e reduz sua intenção de voto. Em um cenário que apresenta Dória como possível candidato, Lula mostra o pior desempenho da série histórica da pesquisa, iniciada em abril. Lula cai quatro pontos, para 23%.

Bolsonaro fica com 21% das intenções de voto, seguido por Dória (13%). Marina também acelerou seis pontos nesse cenário, ficando com 12% das intenções. Ciro fica com 4%, caindo dois pontos percentuais.

No cenário com Dória também cai a parcela de brancos e nulos (22%) e indecisos (5%).

Partidos com rejeição maior

A figura do candidato não-político também pode ser mais valorizada na próxima eleição. A pesquisa mostra que cresce a rejeição aos partidos políticos, cenário que favorece os “outsiders”. A rejeição ao PSDB chegou a 51%, um aumento de 4 pontos percentuais em relação a junho. Somente 6% votariam “com certeza” em um tucano, mesmo patamar da pesquisa de junho.

Já os candidatos do PT são rejeitados por 56% dos entrevistados, um aumento de 6 pontos percentuais na comparação com junho. Porém, o eleitor fiel ao PT é mais de 3 vezes maior do que o tucano: 20% dos entrevistados votariam “com certeza” em um candidato petista.

A pesquisa DataPoder360 foi realizada nos dias 9 e 10 de julho de 2017. Foram entrevistadas 2.178 pessoas com 16 anos de idade ou mais, em 203 municípios. A margem de erro é de 3 pontos percentuais para mais ou para menos. A pesquisa é feita por telefone, por sistema eletrônico no qual as pessoas respondem apertando as teclas.

o que você achou?

deixe sua opinião

PUBLICIDADE

mais lidas de Política

PUBLICIDADE