Músico paranaense grava álbum de jazz, samba e bossa nova em NY com nomes consagrados

Músico paranaense grava álbum de jazz, samba e bossa nova em NY com nomes consagrados O baterista paranaense Samuel Martinelli (à esq.). Foto: Chris Drukker

O baterista paranaense Samuel Martinelli, de 30 anos, acaba de gravar em Nova York um CD com oito canções instrumentais que será lançado neste segundo semestre nos Estados Unidos e no Brasil. O álbum mistura música brasileira e jazz e terá um lançamento especial em 2018 em Curitiba. A ideia é que o show tenha a presença de músicos que participaram da gravação. O disco foi gravado no Mozart Studio com a participação da premiada pianista japonesa Tomoko Ohno – que já se apresentou com a Dizzy Gillespie Big Band –, do baixista americano Marcus McLaurine e do trompetista brasileiro Claudio Roditi, indicado a dois Grammys.

Samuel nasceu em Toledo, mas foi em Curitiba que se firmou como músico, frequentando a cena musical da cidade com nomes conhecidos, como o pianista Rodolfo Reichmann e o baixista acústico José Antonio Boldrini. Também tocou com Saul do Trompete e outros instrumentistas conhecidos.

Siga Reinaldo Bessa no Twitter.

Curta a página no Facebook.