Monarquistas aproveitam crise política para propor um imperador ao Brasil

Monarquistas aproveitam crise política para propor um imperador ao Brasil

Não parece, mas eles estão por aí, atentos à crise política. Cerca de 14 mil pessoas já aderiram a um abaixo-assinado online, no site do Senado Federal, para o retorno da monarquia ao Brasil. O autor da proposta, o carioca Rodrigo Brasileiro, se diz contra o “presidencialismo corrupto e corruptor”, alegando ser a monarquia um tipo de governo com menos gastos públicos e sem viés partidário.

Caso alcance 20 mil assinaturas até agosto deste ano, o abaixo-assinado se torna uma Sugestão Legislativa e vai a debate entre os senadores. A restauração da Monarquia Parlamentarista prevê a coroação de um imperador – da Família Imperial brasileira –, que teria poder sobre o Congresso, nomearia um primeiro-ministro para as funções administrativas do governo e controlaria as Forças Armadas. O Legislativo e o Judiciário seguiriam com funções mantidas.

Até às 16h do dia 19/05, 14.790 pessoas declararam apoio ao abaixo-assinado.

Foto: Reprodução

Colaborou Anna Sens

Leia outras notícias do Blog do Bessa:

Presidente da OAB-PR diz que advertiu Toffoli sobre chapa Dilma-Temer

Curitibano entra para seleta associação médica americana