Blog / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Um blog de um liberal sem medo de polêmica ou da patrulha da esquerda “politicamente correta”.

Artigos

Senadora Gleisi Hoffmann quer que Dia da Mulher vire Dia da Petista!

blog

Sabíamos que os esquerdistas iam tentam se aproveitar do Dia Internacional da Mulher para conquistar mais alguns pontos na escala do oportunismo e da hipocrisia. Afinal, o feminismo, hoje, tem tudo a ver com esquerdismo e quase nada com mulher. Basta ver como as feministas ignoram mulheres de verdade, batalhadoras, guerreiras, poderosas, independentes, quando estas mulheres são… conservadoras.

Também sabemos que, para a esquerda, tudo se resume à máxima romana “dividir para conquistar”. Seu objetivo na vida é jogar uns contra outros para obter poder, apenas isso. Pobres contra ricos, negros contra brancos, trabalhadores contra empresários, gays contra heterossexuais, e claro, mulheres contra homens. A esquerda vive da desunião. Os liberais e conservadores pregam a união.

Diante disso, é óbvio que a extrema-esquerda brasileira tentaria explorar a data de hoje. A comunista Vanessa Grazziotin escreveu em sua coluna ontem na Folha sobre o assunto, tentando puxar todas as mulheres para seu lado, como se apenas gente de extrema-esquerda lutasse realmente pelos direitos da mulher. E a senadora Gleisi Hoffmann resolveu pregar uma “greve” geral, pedindo que a mulher não vá trabalhar hoje, não arrume a casa e sequer faça sexo com o marido. Ela disse: “Esse ano, o dia 8 de março será um dia de greve. Faremos greves nas escolas, em nossas casas, nas atividades domésticas, na área de trabalho, iremos fazer bloqueio de estradas, marchas e, inclusive, abstenção sexual. As mulheres vão parar por um dia”.

Um colega de Facebook, Claudio De Lucca, reagiu assim:

A Senadora Gleise Hoffmann clamou a militância feminina para entrar em greve hoje. Como forma de protesto a mulher não deveria cuidar da casa, ir ao trabalho, etc. Deveria inclusive fazer greve de sexo. Este pessoal do PT não cansa deste joguinho do nós contra eles, agora é nós contra elas. Senadora para sua decepção, nós brasileiros estamos unidos. As mães cuidarão de seus filhos e de suas carreiras, receberão os cumprimentos, carinho e respeito q merecem. A senhora entende pouco da luta honrada de uma mulher, por isto fica falando merda no senado.

Já Alexandre Borges teve as duas melhores tiradas em seu Twitter:

blog

blog

Cruzes! Sobre a aparente falta de popularidade do maridão petista, isso é assunto particular, e vamos respeitá-los. O casal que se entenda com esses problemas. Mas a segunda coisa é mais séria. Gleisi realmente quer impor sua visão de mundo a todas as mulheres, em nome dos “direitos” femininos. Aí não dá!

Mulher de verdade não quer saber de petismo, de guerra contra maridos, de transformar o lar e o matrimônio numa “luta de classes”. Mulher de verdade não precisa achar que o aborto do filho é um ato banal de “escolha” tal como cortar o cabelo ou a unha, já que o corpo é seu (na verdade, do feto humano). Mulher de verdade não precisa odiar homens ou ser lésbica. Mulher de verdade não precisa desprezar um homem protetor, que quer cuidar dela e se sacrificar pelo casamento. Mulher de verdade não precisa, jamais, votar em alguém só por também ser mulher, o que seria tosco e imbecil. Mulher de verdade não precisa idolatrar feministas raivosas, podendo preferir admirar uma Thatcher da vida. Mulher de verdade pode escolher ser uma ótima mãe, ou mesmo uma “bela, recatada e do lar”.

Mulher de verdade, enfim, pode muito bem ser uma conservadora ou uma liberal, em vez de socialista. E, definitivamente, mulher alguma precisa dar atestado ou de estupidez ou de canalhice, ou seja, ninguém precisa ser petista!

Rodrigo Constantino

PUBLICIDADE

Sobre / 

Rodrigo Constantino
Rodrigo Constantino

Economista pela PUC com MBA de Finanças pelo IBMEC, trabalhou por vários anos no mercado financeiro. É autor de vários livros, entre eles o best-seller “Esquerda Caviar” e a coletânea “Contra a maré vermelha”. Contribuiu para veículos como Veja.com, jornal O Globo e Gazeta do Povo. Preside o Conselho Deliberativo do Instituto Liberal.

Saiba Mais

Arquivos

informe seu email e receba nosso conteúdo gratuito